Estados UnidosMLS

Time da MLS está contratando tatuador oficial para trabalhar no clube

A tatuagem é uma das formas de arte mais antigas e presentes na vida das pessoas. No meio do futebol, é cada vez mais comum jogadores exibirem suas emoções, gostos e preferências por meio de desenhos, palavras e até mesmo abstratividades marcados na pele. Foi pensando em como a tatuagem se faz vigente entre os atletas que o Philadelphia Union, franquia que disputa a Major League Soccer, decidiu abrir uma vaga de emprego para tatuador oficial do clube. É isso mesmo que você leu. Os Zolos estão contratando um artista, com experiência comprovada, para ficar encarregado pelas tattoos dos jogadores e dos torcedores que quiserem registrar na pele sua paixão pelo Union.

VEJA TAMBÉM: Narração do gol milagroso de Agüero vira bela tatuagem no braço de torcedor do City

O futebol moderno exige inovações e adaptações, não é mesmo? Cada vez mais surgem cargos novos dentro de clubes e federações conforme o esporte vai sofrendo as mutações naturais do tempo e vai necessitando de pessoas especializadas em determinados segmentos. Um chefe de tatuagem, que nem diz o comunicado publicado no site oficial do Philadelphia, no entanto, é algo inédito. E curioso.

A nota em que o clube anuncia que está procurando um tatuador afirma que o artista “será responsável por fornecer serviços aos jogadores e outros funcionários do clube, e, ocasionalmente, eventos com torcedores também serão realizados com o tatuador-chefe”.

“Nosso processo seletivo começará imediatamente. Estamos procurando um parceiro com uma vasta variedade de talentos e habilidades, e alguém que possa oferecer uma ampla gama de técnicas, incluindo as americanas tradicionais, bem como as japonesas, a realista, ‘new school’ e muito mais”, falou Doug Vosik, vice-presidente de Marketing da franquia.

Os pré-requisitos para a vaga são ter, no mínimo, cinco anos de experiência com tatuagens, flexibilidade nos horários de trabalho e saber e gostar de desenhar serpentes de variados estilos (afinal, o Union tem uma cobra em seu escudo). E o ofício vale tanto para artistas que trabalham por conta própria, tanto para aqueles que já tem seu negócio e pretendem levá-lo para dentro do clube.

Mostrar mais

Nathalia Perez

Jornalista em formação trabalhando a favor de um meio esportivo mais humano. Meus heróis sempre foram jogadores de futebol, mas hoje em dia são muito mais heroínas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo