O atacante Craig Bellamy, capitão da seleção do País de Gales, afirmou nesta quarta-feira que a equipe deveria jogar em outros estádios do país em vez de se limitar ao estádio Millennium, considerado grande demais para os públicos que recebe.

Praticamente fora da briga pela classificação para a Copa do Mundo, os galeses enfrentam a Rússia nesta quarta-feira no estádio com capacidade para 74 mil pessoas, mas até terça haviam sido vendidos apenas 10 mil ingressos.

“Com os públicos que estamos recebendo, um estádio menor certamente nos ajudaria”, comentou Bellamy. “Se você tem 18 mil no estádio e há tantos lugares vazios, é difícil porque não dá para criar um clima”.

Um exemplo positivo é a Irlanda do Norte, que tem mandado seus jogos no pequeno Windsor Park e está na briga pela liderança do grupo 3 das Eliminatórias europeias, que pode assumir em caso de vitória sobre a Eslováquia nesta quarta.

O técnico Nigel Worthington comentou: “Temos 13.500 (espectadores) que valem 80.000. Como sempre, eles valem seu peso em ouro. São nosso décimo-segundo jogador e sempre temos bons dias em Windsor”.