A treinadora sueca Pia Sundhage realizou seu primeiro ato oficial à frente da seleção brasileira feminina, nesta terça-feira, ao divulgar a relação de 23 jogadoras que disputarão o Torneio Internacional de Futebol Feminino, no Pacaembu, no fim deste mês de agosto, competição que representará a sua estreia como comandante de Marta e companhia.

A lista de relacionados é muito parecida com a de Vadão para a Copa do Mundo, contrariando quem esperava algum tipo de ruptura logo de cara. Pedindo paciência, Sundhage afirmou que por enquanto as mudanças serão pequenas, mas, com “um pouquinho de paciência”, elas virão. “Quero dar a elas uma segunda chance. Se você tem um grande coração e joga bem, será convocada”, afirmou.

Citou Yaya, do São Paulo, como símbolo das novidades que apresentou e inspiração para outras atletas acreditarem que podem chegar à Seleção. Além dela, Bruna Benites, Joyce, Chú e Millene, artilheira do Campeonato Brasileiro pelo Corinthians com 18 gols, são as cinco jogadoras convocadas por Sundhage que não haviam sido chamadas para o Mundial. Erika e Fabi foram convocadas, mas acabaram cortadas por lesão.

O Brasil de Pia Sundhage estreia contra a Argentina, em 29 de agosto, às 21h30, no Estádio do Pacaembu. No domingo, no mesmo local, disputa a final, às 13h, ou a disputa de terceiro lugar , às 10h30.

Goleiras: Aline Reis (Tenerife-ESP), Bárbara (Avaí/Kindermann)
Laterais: Letícia Santos (Frankfurt-ALE), Fabi (Internacional), Joyce (Tenerife-ESP) e Tamires (Corinthians)
Zagueiras: Kathellen (Bordeaux-FRA), Mônica (sem clube), Erika (Corinthians), Bruna Benites (Internacional)
Meias: Thaisa (Real Madrid-ESP), Formiga (PSG-FRA), Luana (Hwacheon KSPO-COR), Yaya (São Paulo)
Atacantes: Andressa Alves (Roma-ITA), Geyse (Benfica-POR), Marta (Orlando Pride-EUA), Millene (Corinthians), Debinha (North Carolina Courage-EUA), Chú (Changchun Dazhong-CHI), Bia Zaneratto (Hyundai Steel-COR), Ludmila (Atlético de Madrid-ESP) e Raquel (Sporting-POR)

A CBF também finalmente ocupou os cargos vagos nas seleções de base. Jonas Urias será o treinador do sub-20, auxiliado por Jéssica de Lima, e Simone Jatobá estará à frente do sub-17, com Lindsay Camila de auxiliar e Maravilha como preparadora de goleiras.