De 24 candidatos, 10 estádios foram escolhidos para receber as partidas da Copa América do ano que vem, que comemorará o centenário da competição em um torneio com seleções da Conmebol e da Concacaf. Os critérios para a definição dos palcos envolveram uma capacidade máxima de no mínimo 60 mil pessoas e infraestrutura de primeira linha. Cada campo receberá pelo três partidas.

LEIA MAIS: O italiano que quer mudar o futebol das Américas, e acabar com a Libertadores que conhecemos

Dos dez estádios, apenas três recebem partidas da Major League Soccer: Gillette Stadium (Boston), Orlando Citrus Bowl (Orlando) e o CenturyLink Field (Seattle). Os outros são o Soldier Field (Chicago), NRG Stadium (Houston), Rose Bowl (Los Angeles), MetLife Stadium (Nova York), Lincoln Financial Field (Filadélfia), University of Phoenix Stadium (Phoenix) e Levi’s Stadium (São Francisco).

A realização da Copa América do Centenário foi colocada em dúvida depois do escândalo de corrupção revelado pela justiça americana e das prisões de dirigentes feitas pelo FBI, mas acabou sendo confirmada. Terá as 10 seleções da Conmebol e mais seis da Concacaf. Estados Unidos, México, Costa Rica e Jamaica estão confirmados. Trinidad & Tobago enfrentará o Haiti por uma vaga, e o Panamá jogará contra Cuba pela outra.