Uma tecnologia que mal chegou por aqui já está sendo descartada lá fora. Até o fim deste ano, a ESPN vai matar seu canal 3D nos EUA – este era uma das maiores e mais importantes fonte de conteúdo 3D existentes por lá.

A ESPN citou como principal razão a falta de adoção da tecnologia. Em uma declaração por email, a ESPN diz que, se o 3D pegar, ela voltará a transmitir em três dimensões.

Continue lendo no Gizmodo, parceiro da Trivela.