Espetáculo: com show de Totti, Roma vence a Fiorentina

Capitão da Roma deu show à parte, fez dois gols e se aproxima da marca de segundo maior artilheiro da Serie A em todos os tempos

Um dos grandes jargões do futebol aparece quando duas equipes fazem um jogaço cheio de gols: “venceu o espetáculo”, dizem. Desta vez, Roma e Fiorentina, duas equipes que jogam um futebol bonito e ofensivo, fizeram um jogaço cheio de gols e, além de vencer o espetáculo, venceu a Roma. Com uma grande atuação de seu capitão, Francesco Totti, a equipe romana fez 4 a 2 sobre uma das sensações da temporada italiana.

A Roma chegou a quatro vitórias consecutivas pela primeira vez na temporada e, com o resultado, assume a 5ª posição, com os mesmos 29 pontos da Fiorentina, que agora é a 6ª colocada. A Lazio, que ainda joga com o Bologna nesta rodada, também tem 29 pontos e ganhou uma posição por causa dos critérios de desempate: agora é a 4ª colocada.

Com 19 minutos de partida, a Roma já vencia por 2 a 1. O primeiro gol surgiu aos 7 minutos, de uma cobrança de falta de Totti, que colocou a bola na cabeça de Panagiotis Tachtsidis. O meia grego cabeceou para o chão e viu a bola encobrir o goleiro Emiliano Viviano. Antes de ela cruzar a linha, Leandro Castán completou e marcou seu primeiro gol no futebol italiano. Em outra jogada de cruzamento para a área, a Roma executou mal a linha de impedimento e Roncaglia empatou, aos 14. Aos 19, Totti tabelou com Mattia Destro e completou, com bonito chute no canto.

Ainda no primeiro tempo, já aos 45 minutos, Totti experimentou de fora da área e contou com outra falha de Viviano para marcar o seu segundo no jogo, o terceiro da Roma. Com os dois gols, Totti chegou aos 221 em sua carreira no Campeonato Italiano, e só precisa de quatro para se igualar ao histórico Gunnar Nordahl, ex-atacante do Milan, que detém a marca de segundo maior artilheiro da história do campeonato. Silvio Piola, com 274 gols, é o líder no ranking.

Para o segundo tempo, Vincenzo Montella buscava reagir contra sua ex-equipe e mexeu bem, colocando o meia Matías Fernández e o atacante Mounir El Hamdaoui nos lugares de Rubén Olivera e Mattia Cassani. Com 50 segundos depois da volta do intervalo, El Hamdaoui diminuiu, de cabeça, colocando fogo no jogo.

Porém, o estilo ofensivo da equipe de Zdenek Zeman se sobressaía em relação ao da Fiorentina. A Roma chegava muito ao ataque, mas desperdiçava chances demais, pecando nas finalizações, sobretudo com Destro, e também não caprichava nos últimos passes antes de finalizar. Marquinhos, ex-Corinthians, chegou a marcar, mas o gol foi mal anulado pela arbitragem, que pegou impedimento de Destro no lance.

Faltando pouco para o fim jogo, aos 43, a Fiorentina pressionou muito e quase empatou, com Haris Seferovic, e pouco depois, com Alberto Aquilani. No entanto, depois de se salvar, no minuto seguinte, a Roma puxou ótimo contra-ataque e Pablo Osvaldo, depois de receber passe de Totti, deu números finais ao jogo.

Confira os jogos da 16ª rodada da Serie A

Sábado, 8/dez
Atalanta 2×1 Parma
Roma 4×2 Fiorentina

Domingo, 9/dez
Cagliari x Chievo
Palermo x Juventus
Pescara x Genoa
Siena x Catania
Torino x Milan
Internazionale x Napoli

Segunda, 10/dez
Sampdoria x Udinese
Bologna x Lazio