O Espanyol conseguiu uma vitória significativa sobre o Barcelona, no clássico da cidade nesta quarta-feira. O time bateu os vizinhos por 1 a 0, com um gol no final do jogo, e saíram em vantagem na disputa por uma vaga na semifinal da Copa do Rei. O gol no final significou a quebra de uma marca importante: foi a primeira derrota do Barcelona em 29 jogos na temporada. Mais do que isso: foi a quebra de um jejum que já durava 19 jogos. Desde 2009 o Espanyol não conseguia vencer o rival de cidade. E olha que dos 19 jogos, 16 tinham sido derrotas. O retrospecto era ruim. Por isso, a vitória é muito significativa.

LEIA TAMBÉM: Sevilla puniu os erros do Atlético de Madrid com uma virada em pleno estádio rival

É a primeira vez que o Barcelona perde um jogo desde agosto, quando foi derrotado duas vezes pelo Real Madrid na Supercopa da Espanha. A diferença é tanta que parece que faz ainda mais tempo que isso aconteceu. Foi no dia 16 de agosto, quando o time perdeu, pela segunda vez, para o Real Madrid. A perspectiva, ali, parecia terrível: o time tinha acabado de perder Neymar e o rival vinha de mais uma conquista de Champions League. Mas o cenário mudou.

Desde então, liderança absoluta no Campeonato Espanhol com 51 pontos em 19 jogos. São nove pontos de vantagem para o segundo colocado, Atlético de Madrid. Nenhuma derrota na Champions League, em seis jogos da fase de grupos, assim como também na Copa do Rei. Até esta quarta-feira.

E se você imagina que o Barcelona foi com um time enfraquecido, se engana. Entre os poupados, o lateral esquerdo Jordi Alba, os meias Andrés Iniesta e Ivan Rakitic, e o atacante Luis Suárez. Mesmo assim, o time era bastante forte. Messi, capitão em campo, ainda perdeu um pênalti na segunda etapa, quando o goleiro Diego López (ex-Real Madrid e Milan) defendeu a cobrança, aos 17 minutos do segundo tempo.

O gol do Espanyol veio só aos 43 minutos do segundo tempo, quando o jogo parecia que ficaria no 0 a 0. Marc Navarro foi lançado na direita, foi à linha de fundo e cruzou para trás. No meio da área, Óscar Melendo chutou de pé esquerdo para marcar 1 a 0 no placar e levar os torcedores presentes ao Estádio RCDE (também conhecido como Cornellà-El Prat) ao delírio.

A última vez que o Espanyol venceu o Barcelona foi no dia 2 de fevereiro de 2009. Na 24º rodada do Campeonato Espanhol da temporada 2008/09, o time venceu o Barcelona de Pep Guardiola com dois gols de Ivan De La Peña, justamente um jogador que era ex-Barcelona. Naquele dia, estava em campo também o meia Nenê, atualmente no Vasco. Do time atual do Barcelona, só dois jogadores estavam em campo: Lionel Messi e Sergio Busquets, que naquele jogo veio do banco de reservas. O gol do Barcelona foi marcado por Yayá Touré.

Com isso, o Barcelona precisará vencer o jogo de volta para avançar na Copa do Rei. É claro que isso é perfeitamente possível para os blaugranas, mas o Espanyol ganha um incentivo para tentar complicar o que puder tentar fazer o Barcelona ser eliminado na primeira competição das três que disputa.


Os comentários estão desativados.