EspanhaLa Liga

Vermaelen finalmente pode melhorar a zaga do Barcelona?

O exagero de Piqué ao reclamar com o bandeirinha na final da Supercopa da Espanha rendeu ao zagueiro uma punição de quatro jogos. Um baque no início da temporada para um Barcelona que não conta com opções tão confiáveis para o setor. Essa pelo menos era a impressão que se tinha até o início de La Liga, mas que pode ter começado a se dissipar depois da ótima atuação de Thomas Vermaelen. Uma guinada importante para o clube, mas vital para o belga, que só depois de um ano parece estar pronto para encarar o desafio de vestir a camisa blaugrana.

VEJA TAMBÉM: Barça enfim bateu o Athletic, mas o saldo não é bom com as lesões em San Mamés

A impressão deixada por Vermaelen nos treinamentos prévios à estreia do Barça em La Liga deve ter sido boa. Pelo menos para o primeiro jogo, o belga esteve à frente de Marc Bartra na lista de preferências de Luis Enrique para a zaga. Pode não ser nada demais por se tratar apenas de uma partida, mas considerando que o adversário era o Athletic Bilbao, que goleara o Barcelona há alguns dias, e que o jogo seria no San Mamés, onde é especialmente difícil vencer os bascos.

Diferentemente do duelo do último dia 14, em que Aduriz deitou e rolou e o Athletic fez 4 a 0, Vermaelen fez dupla com Mascherano e conseguiu dar segurança ao goleiro Bravo e anular o atacante dos bascos. O Sport deu ao belga a melhor nota da partida entre atletas do Barça, enquanto o Mundo Deportivo promoveu uma enquete para escolher qual seria o substituto ideal para Piqué até o fim da suspensão, e os torcedores elegeram Vermaelen. Concentrado, forte pelo alto e se atirando nas jogadas mais arriscadas, o belga pareceu um jogador com quem o time pode contar, e isso é especialmente importante após um período tão longo de inatividade.

Contratado no início da temporada passada, Vermaelen era uma incógnita justamente por seu histórico de lesões, e a campanha de estreia não poderia ter sido pior para a sua fama. Jogou apenas 62 minutos em toda a temporada, e apenas na última rodada do Campeonato Espanhol, quando o Barcelona já havia garantido o título. Tudo isso torna ainda mais relevante que tenha tido sua primeira chance nesta nova campanha tão cedo e a tenha aproveitado tão bem. Se, fisicamente, ele aguentar, tecnicamente parece estar preparado para ser o zagueiro de quem o Barça esperava tanto ao contratá-lo.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador detectado

A Trivela é um site independente e que precisa das receitas dos anúncios. Considere nos apoiar em https://apoia.se/trivela para ser um dos financiadores e considere desligar o seu bloqueador. Agradecemos a compreensão.