Espanha

Real teve a chance de comprar Neymar aos 14 anos. Por € 60 mil

Neymar poderia ter sido jogador do Real Madrid. Não apenas no momento em que preferiu a proposta do Barcelona, em maio deste ano, mas sete anos atrás, quando passou algumas semanas treinando em Valdebebas, centro de treinamento do time da capital. O jornal As mostra até uma ficha de inscrição do então garoto de 14 anos na Federação Espanhola.

Neymar estava no clube e chegou a conhecer membros da equipe técnica. Apesar de ter sido inscrito, curiosamente o registro não aparece no passaporte de jogador que a CBF enviou para a Espanha quando o brasileiro foi contratado pelo Barcelona. Consta apenas a passagem pelo Santos, amadora entre 2006 e 2008, e profissional de 2008 a 2013.

A intenção do Real Madrid era que ele disputasse as últimas partidas da temporada 2005/06 do time infantil. Por que, então, o brasileiro não ficou no Santiago Bernabéu? Porque custaria € 60 mil.

Esse foi o valor exigido pelo empresário Wagner Ribeiro para garantir a permanência de Neymar no Real Madrid. Na época, Florentino Pérez tinha acabado de sair da presidência. O comando era de Fernando Martín. O diretor-geral Carlos Martínez de Albornoz, segundo o As, não quis se responsabilizar pelo gasto com um menino de 14 anos.

Agora, fica o gostinho amargo na boca de ter tido a oportunidade de contratar um jogador que é a principal esperança do maior rival para o futuro.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo