Espanha

Mourinho irritado com expulsão; Guardiola contente com empate

O técnico do Real Madrid, José Mourinho, irritou-se com a arbitragem do clássico de sábado contra o Real Barcelona. Na entrevista coletiva, o treinador disparou: “Estou cansado de jogar com dez contra os catalãos. Espero um dia poder jogar com onze e eles com dez”, disse, em alusão a expulsão de Raul Albiol, após este fazer pênalti em David Villa. “Não entendo a diferença de critério. O Daniel Alves deveria ver o segundo amarelo pelo pênalti no Marcelo”, criticou.

Para Mourinho, o confronto envolveu dois times que se respeitam e sabem como seus rivais são fortes, e que foi equilibrado “onze contra onze”. “Sem grandes ocasiões de gol no primeiro tempo e depois, como muitas vezes, onze contra dez, quase missão impossível, contra uma equipe que é a melhor do mundo”, considerou o português, que disse ter sido informado pelo quarto árbitro que a expulsão não se deu por Alves ser um “defesa lateral”.

Já o treinador do Barcelona, Pep Guardiola, considerou positivo o empate com os merengues. “Não perder no Bernabeu é um bom resultado, porque o Madrid é uma senhora equipe”, avaliou, também em entrevista coletiva. Pep, por sua vez, ainda insiste que os blaugranas ainda não são campeões, mesmo com os oito pontos de vantagem para o Real Madrid e o saldo de gols favorável. “Jogaremos cada próxima partida como as demais que jogamos ao longo do ano”, sentenciou.

Guardiola preferiu não comentar a atuação da arbitragem. Questionado sobre a polêmica penalidade de Alves em Marcelo, e pelo não marcado em David Villa por Iker Casillas, o treinador culé resumiu: “É o trabalho de vocês”, em referência aos jornalistas que estavam na sala de imprensa.

O próximo jogo entre Barcelona e Real Madrid será quarta-feira, na decisão da Copa do Rei.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo