EspanhaLa Liga

Gols contra Real e Barça: Willian José merece ser levado a sério por aquilo que faz no Las Palmas

O nome de Willian José tem uma aura de folclore no Brasil. E com seus motivos. O atacante que surgiu no Grêmio Barueri e chegou à seleção sub-20 não se firmou com a camisa dos grandes clubes do país. Defendeu São Paulo, Grêmio e Santos, sem deixar saudades. Mas, com um bom empresário, viu sua sorte mudar com uma ida surpreendente ao Real Madrid. E, por mais que não tenha ganhado espaço no Bernabéu como seu companheiro Casemiro, ele vem se saindo bem na Espanha. A ponto de marcar, em menos de um mês, gols contra o Barcelona e o Real. Casemiro acabou decidindo o jogo nas Ilhas Canárias por 2 a 1, mas o Las Palmas tem motivos para se orgulhar pela boa atuação. Willian José esteve entre os protagonistas.

De volta à primeira divisão nesta temporada, o Las Palmas permaneceu durante todo o primeiro turno na zona de rebaixamento. Em 14 das 25 primeiras rodadas o time apareceu no Z-3, conquistando míseras cinco vitórias no período. No entanto, desde meados de janeiro, os amarillos demonstram mais consistência. Acredite você em coincidência ou não, mais ou menos na época em que Willian José se tornou titular. Trazido do Zaragoza no início da temporada, o centroavante ganhou a posição a partir da derrota contra o Levante, quando marcou dois gols. Não saiu mais do time.

Obviamente, apenas o brasileiro não explica a ascensão do Las Palmas. Mas o time tem se apresentado com maior solidez nos últimos meses. Trocando o sistema tático para 4-1-4-1, Quique Setién deixou de sofrer tantos gols. Enquanto isso, o estilo do centroavante se complementa com a postura aguerrida da equipe e ele desponta como um dos destaques individuais, ao lado do meia Jonathan Viera – responsável por uma assistência magistral contra o Barcelona. Nas três rodadas anteriores ao confronto com o Real Madrid, foram três vitórias (incluindo uma sobre o Villarreal no Madrigal), que tiraram os Amarillos da zona de rebaixamento. Antes disso, já tinham vendido caro a derrota para o Barcelona.

Neste domingo, os merengues passaram por apuros no Estádio de Gran Canaria. Melhores no primeiro tempo, não foram tão efetivos, mas conseguiram abrir o placar com Sergio Ramos. Já na segunda etapa, o Las Palmas voltou melhor. Criou problemas e ia parando nas grandes defesas de Keylor Navas. Até que Willian José apareceu aos 42 minutos. A partir de uma saída errada de bola da defesa, Momo deu boa enfiada para o centroavante, que tocou com categoria na saída de Navas. Todavia, sua alegria não durou muito. Outro destaque da partida, líder em desarmes e com uma bola salva na pequena área, Casemiro fez o gol da vitória. Outra vez na bola parada, o Real buscou o triunfo aos 44.

Quatro pontos acima da zona de rebaixamento, o Las Palmas segue correndo riscos. Entretanto, a sua ascensão nas últimas semanas reforça as esperanças. Enquanto isso, Willian José acumula sete gols no campeonato, dois deles decisivos para vitórias e outros dois contra os gigantes do campeonato. Pode até ser que ele esteja passando por uma maré positiva e não vingue se receber uma chance em um clube maior. Mas, neste momento, há motivos para o centroavante ter sua parcela de admirados nas Ilhas Canárias. Pela entrega e pelos lampejos, vai ajudando o clube em seu objetivo na temporada.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo