EspanhaLa Liga

Fim de linha: Aos 35 anos, Guti encerra a carreira

Um dos símbolos do Real Madrid durante os anos 2000, Guti oficializou sua aposentadoria do futebol nesta sexta-feira. O meio-campista de 35 anos estava sem contrato desde novembro de 2011, quando deixou o Besiktas por conflitos com o técnico Carlos Carvalhal.

“A decisão está tomada. Chegaram ofertar de alguns clubes, mas decidi deixar o futebol. Estarei mais tempo com minha família”, declarou, em entrevista à Rádio Marca.

Formado pelo Real Madrid, Guti subiu à equipe principal em 1995, disputando 387 partidas e anotando 46 gols com a camisa merengue, além de ter sido cinco vezes campeão espanhol e três vezes da Liga dos Campeões. O meio-campista deixou o clube em 2010, contratado pelo Besiktas. Já pela seleção espanhola, o veterano fez 13 jogos e anotou três tentos.

O espanhol, porém, pretende seguir carreira nos bastidores do futebol: “Vou fazer um curso de diretor desportivo e de treinador. Eu me prepararei para treinar equipes de categorias de base. Gostaria de treinar a cantera do Real Madrid, tenho este desejo”.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo