Copa do ReiEspanha

Douglas foi alvo de gozação de torcedores do Barcelona na sua estreia no Camp Nou

“Quem é Douglas?”, perguntou um torcedor do Barcelona ao diretor Andoni Zubizarreta no estacionamento do Camp Nou. A contratação do ex-lateral direito do São Paulo não pegou apenas os brasileiros de surpresa. Ninguém sabia quem ele era. Três jogos depois, os torcedores já o conhecem, mas não como um confiável guardião de um dos lados da defesa: como motivo de piada.

LEIA MAIS: Os 14 momentos mais inesquecíveis da lenda de Thierry Henry

Desde que foi contratado, Douglas entrou em campo três vezes, duas como titular, não fez nenhum gol, poucos lances de efeito e recebeu muitas críticas. Na última terça-feira, fez sua primeira partida no Camp Nou, entrando no segundo tempo da quarta rodada da Copa do Rei, contra o Huesca, e a torcida não perdoou.

Quando ele pegava na bola, comemoravam ironicamente como se o amassem. Principalmente nas poucas vezes em que avançava porque Douglas ainda parece nervoso e sem confiança para apoiar como fazia no São Paulo. Talvez o único momento genuíno de felicidade da torcida com ele foi um rolinho na bandeirinha de escanteio. O CanalFutbolista fez as imagens dos torcedores tirando sarro do lateral:

A verdade é que cada vez mais a contratação de Douglas vem se mostrando um erro para o Barcelona. O jornal Marca, de inclinação madridista, fez até um texto questionando por que ele foi contratado pelos catalães, cujas transferências estão embargadas até 2016.

Daniel Alves está no último ano de contrato, em declínio técnico, e deve ser liberado, Montoya reclamou das poucas oportunidades e quer sair em janeiro. Sobrou Douglas, longe de inspirar a confiança do técnico Luis Enrique (que já preferiu o lateral esquerdo Adriano e um formação sem nenhum lateral direito a utilizá-lo) e da sua própria torcida.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncios? Aí é falta desleal =/

A Trivela é um site independente, que precisa das receitas dos anúncios. Desligue o seu bloqueador para podermos continuar oferecendo conteúdo de qualidade de graça e mantendo nossas receitas. Considere também nos apoiar pelo link "Apoie" no menu superior. Muito obrigado!