Espanha

Comendo pelas beiradas

Há tempos o Villarreal incomoda os grandes na Espanha. Nesta temporada, pelo jeito, não será diferente. O Submarino Amarillo tem feito um início de campeonato excelente, mantém a invencibilidade passadas dez rodadas e, de quebra, está praticamente classificado para as oitavas-de-final da Liga dos Campeões.

Por mais que o final de semana tenha sido impactado pelos quatro gols de Samuel Eto'o, na goleada do Barcelona por 6 a 0 sobre o Valladolid, e os outros quatro de Gonzalo Higuaín, na complicada vitória do Real Madrid de 4 a 3 contra o Málaga, o Villarreal, que venceu o Almería por 2 a 1 neste final de semana, rouba a cena no momento no Campeonato Espanhol.

O técnico chileno Manuel Pellegrini mais uma vez tem feito bom uso de um plantel com ótimos jogadores, bem variado e alternativo. Não há nenhuma grande estrela no time, mas uma quantidade grande de bons atletas que, juntos, têm rendido extremamente bem. Um dos expoentes disso é o volante Marcos Senna. Pelo Villarreal o jogador tem uma função parecida com a que exercia na Eurocopa, assim, suas atuações têm permanecido em alto nível.

Senna é a principal figura de um meio-campo que costuma atuar em linha, com dois extremos. Pellegrini varia o companheiro de Marcos Senna de acordo com o adversário. Normalmente joga Bruno, mas quando o jogo é mais truncado, precisa de mais experiência (como contra o Aalborg, pela LC), joga Edmílson. Cazorla e Pires compõem a faixa central titular, que ainda tem as opções de Eguren, Mati Fernández e Cani.

A defesa está muito bem composta com o goleiro Diego López, que vive ótima fase aos 27 anos, e a linha de quatro defensores formada, normalmente, por Javi Venta, Gonzalo, Godín e o sempre eficiente no ataque Capdevilla.

Na frente está o maior destaque da temporada do Villarreal, o atacante Joseba Llorente. Contratado do Valladolid neste ano, esse atacante de 28 anos tem marcado muitos gols e compôs, ao lado do italiano Rossi, uma das duplas ofensivas mais eficiente da Liga. Suas atuações têm rendido, inclusive, pedidos para que seja convocado pelo técnico Vicente del Bosque para a seleção espanhola.

Para a reserva do ataque Pellegrini também conta com Guille Franco, Altidore e Ariel Ibagaza, que tem sido mais usado como segundo atacante do que propriamente como meia. Assim se completa um elenco útil, muito bom e bem versátil.

Até agora, pela liga espanhola, foram dez jogos, com sete vitórias e três empates, tendo marcado 19 gols e sofrido nove. Está um ponto atrás do Barça, líder da competição com 25, e um à frente de Valencia e Real Madrid. Na Liga dos Campeões está com uma das duas vagas do Grupo E praticamente assegurada. Com oito pontos, divide a liderança com o Manchester United, seis a mais que Celtic e Aalborg. Na próxima rodada, joga por um empate com os ingleses para ambos se classficarem.

Seu único revés na temporada foi na Copa do Rei, onde, com uma equipe mista, levou 5 a 0 do Poliejido e agora terá que reverter essa vantagem – o que certamente é quase impossível.

Assim, as atenções do Submarino Amarillo se concentrarão na luta pelo inédito título espanhol e por mais uma boa campanha na LC. Nas próximas semanas saberemos até onde os sonhos do Villarreal poderão chegar.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo