EspanhaLa LigaPremier League

Barça não sabe qual Vermaelen está contratando: o capitão do Arsenal ou o reserva de Koscielny

Aparentemente o Barcelona já definiu suas opções para a zaga com o acerto com Thomas Vermaelen. O belga é alvo dos catalães há pelo menos duas temporadas, e lá atrás sua chegada faria mais sentido que agora. De capitão do Arsenal à reserva de Koscielny e Mertesacker, o defensor caiu de produção por causa das seguidas lesões e mal jogou na última temporada, perdendo espaço também na seleção belga. Chega ao Barça como uma incógnita, podendo ser um grande negócio ou uma enorme decepção. Pelas necessidades do time, a impressão é de que não haverá meio termo na hora de avaliarem o jogador.

VEJA TAMBÉM: Rakitic e Rafinha vão bem no amistoso do Barça com o Helsinki

Pelo preço desembolsado pelo Barcelona, a contratação do belga vale o risco. Os € 19 milhões não são exatamente uma barganha, mas levando em conta que para a chegada do mediano e nada novato Mathieu, de 30 anos, os culés pagaram € 20 milhões, o valor depositado para o Arsenal parece fazer sentido. Vermaelen tem 28, mas é um jogador de muito mais predicatos técnicos que Mathieu, além de ter mais experiência internacional. Colocando então em comparação com o inflacionado mercado de transferências, parece ainda mais um bom acordo.

Em 2012/13, após a saída de Robin van Persie, Vermaelen assumiu a faixa de capitão do Arsenal e mostrou durante boa parte da temporada merecê-la. Apenas três erros seus acabaram em gols para adversários e a média de jogadas dos oponentes que destruía por partida era de sete. Levou apenas três cartões amarelos em todo o Campeonato Inglês daquela temporada. Exceto por uma pequena queda de rendimento no final de 2012, esteve constantemente em ascensão. Era um jogador-chave do Arsenal naquele momento.

A temporada seguinte, no entanto, foi trágica. Os problemas no joelho deixaram o belga de fora de mais da metade dos jogos dos Gunners, e na Premier League, por exemplo, o defensor realizou apenas 14 partidas, apenas metade delas como titular. Com o pouco tempo em campo, manteve a média de sete ações defensivas por partida e não cometeu nenhum erro defensivo que criou alguma chance de gol adversária. Tudo isso, no entanto, não diz muito do momento atual de Vermaelen. Diferentemente do Vermaelen descrito no parágrafo anterior, esse aqui não vale os € 19 milhões.

Com 28 anos, mesmo que não tenha impacto mediato, o zagueiro terá tempo para provar que o investimento em seu futebol valeu a pena. Assinou por cinco temporadas e, pelo menos a priori, não terá uma grande concorrência pela frente. Apenas o tempo responderá ao questionamento sobre a qualidade da contratação. O risco de Vermaelen não se fixar por problemas físicos existe, mas a possibilidade de se tornar o grande comandante da zaga blaugrana parece ter pesado mais para o Barça. Até porque zagueiro é uma posição de extrema carência para o time desde que os problemas físicos de Carles Puyol o tiraram de campo a maior parte do tempo. O Vermaelen capitão do Arsenal chegaria como um jogador para ser destaque na zaga. O reserva de Mertesacker e Koscielny não. A mudança de ares pode ajudar o belga a retomar a sua melhor versão.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo