Champions LeagueCopa do ReiEspanhaLa Liga

Assista a todos os 122 gols de Messi, Suárez e Neymar na temporada em um só vídeo

Kubala, Kocsis, Evaristo, Luis Suárez e Czibor. Em tempos nos quais os times jogavam com cinco homens no ataque, a linha de frente do Barcelona no início da década de 1960 impunha um respeito enorme, até para rivalizar com a potência do Real Madrid de Di Stéfano e Puskás. Só que, por mais que empilhasse gols, o quinteto não alcançou o grande objetivo dos blaugranas naqueles anos: a conquista da Copa dos Campeões. Caíram para os merengues nas semifinais em 1960, assim como foram parados pelo Benfica e pela trave na final de 1961. Cinco que se incorporaram em três nesta temporada. E um de seus ataques de mais renome desde então, o Barça não apenas assombrou as defesas, como conquistou a Europa.

Os 122 gols marcados na temporada são o recorde de um trio ofensivo na história, quase 70% dos 175 feitos pelos blaugranas em 2014/15. Messi, o grande craque, anotou quase metade deles, 58 bolas nas redes ao todo. No entanto, Neymar brilhou na reta final da Liga dos Campeões, com sete nos cinco jogos finais, de um total de 39. E, mesmo suspenso durante os primeiros meses, Luis Suárez correu atrás do prejuízo e impulsionou o desempenho do clube, com 25 tentos. E, quando mais precisou-se deles, não houve trave ou Buffon para barrar Neymar e Suárez na final da Champions. A coroação para orgulhar as lendas do passado, que não conseguiram chegar tão longe.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo