Ao fim de sua primeira temporada com uma divisão completamente profissional no futebol feminino, a Inglaterra começou a Copa do Mundo da França com altas expectativas, depois de semifinais nos últimos dois grandes torneios que disputou. As Leoas de Phil Neville tiveram logo na estreia um confronto de alta rivalidade contra a Escócia e lideram bem com a situação. Confirmaram o favoritismo com um ótimo primeiro tempo e, apesar de alguns sustos depois do intervalo, venceram por 2 a 1, abrindo o Grupo D, que também conta com Argentina e Japão.

Haja pênaltis 

Talvez seja a novidade do assistente de vídeo, mas, curiosamente, como na última Copa do Mundo masculina, a feminina começou com muitos pênaltis. Este foi o sétimo jogo do torneio e, aos 12 minutos, foi marcado o quinto. A Espanha converteu dois, a Austrália perdeu o dela, mas Kerr fez no rebote, e o Brasil desperdiçou, com Andressa Alves. Após o toque de braço de Nicola Docherty, em cruzamento de Fran Kirby, Nikita Parris, nova atacante do Lyon, converteu e fez 1 a 0 para a Inglaterra.

 Ellen White x Alexander

A atacante da Inglaterra, Ellen White, travou um duelo particular com a goleira escocesa Lee Alexander. Alexander havia feito duas boas defesas para impedir um gol de White, à queima-roupa, e outro de Beth Mead, quando White aproveitou duas bobeadas da defesa escocesa. A primeira foi uma tentativa de afastar que não deu certo. A segunda, uma dividida na entrada da área que deixou a bola pedindo para ser chutada. White atendeu e marcou o segundo da Inglaterra com um chute colocado. No segundo tempo, Alexander defenderia, no contrapé, um bonito voleio da nova atacante do Manchester City.

O primeiro gol da Escócia

A Inglaterra chegou a fazer o terceiro, antes do intervalo, mas White estava impedida no começo da jogada do gol de Beth Mead. Isso manteve a Escócia na partida. Com um leve crescimento no segundo tempo, a novata em Copas do Mundo conseguiu produzir um fim nervoso, ao marcar seu primeiro gol no torneio, aos 34 minutos da etapa final. E bem bonito. Christie Murray interceptou erro de saída de bola da Inglaterra e avançou à área. Descolou o passe à direita para Claire Emslie, que dominou se colocando à frente da marcação e bateu alto para descontar.

Ficha técnica 

Inglaterra 2 x 1 Escócia 

Local: Estádio de Nice, em Nice
Árbitra: Adamkova Jana (República Tcheca)
Gols: Nikita Parris e Ellen White (ING); Claire Emslie (ESC)
Cartões amarelos: Nicola Docherty e Jenny Beattie (ESC)

Inglaterra: Karen Bardsley; Lucy Bronze, Steph Houghton, Millie Bright (Abbie McManus) e Alex Greenwood; Fran Kirby (Georgia Stanway), Keira Walsh e Jill Scott; Nikita Parris, Beth Mead (Karen Carney) e Ellen White. Técnico: Phil Neville

Escócia: Lee Alexander; Sophie Howard (Chloe Arthur), Rachel Corsie, Jenny Beattie e Nicola Docherty (Kirsty Smith); Kim Little, Christie Murray (Lizzie Arnot) e Caroline Weir; Lisa Evans, Claire Emslie e Erin Cuthbert. Técnica: Shelley Kerr