O Barcelona venceu pela primeira vez o Manchester United em Old Trafford nesta quarta-feira, no jogo de ida das quartas de final da Champions League. O placar de 1 a 0 não é definitivo para a classificação, mas é uma boa vantagem para um time que não jogou tão bem assim e que viu o time da casa ter uma atuação taticamente boa, mas tecnicamente ineficiente, para dizer o mínimo. O técnico Ernesto Valverde valorizou muito a vitória, no quinto duelo entre os dois times no estádio do rival inglês. Nos quatro jogos anteriores, dois empates e duas vitórias.

“O Manchester sempre teve grandes equipes e hoje nos apertaram muito, o que tornou as coisas muito difíceis”, afirmou o zagueiro Gerard Piqué, um dos destaques do time na partida. “Quando jogávamos como queríamos, os colocávamos no seu campo, mas com a pressão deles, tivemos mais algumas dificuldades e os problemas vieram mais com as perdas que nos causaram. Foi um jogo intenso e muito difícil, com momentos que sofremos”, disse o técnico Ernesto Valverde sobre o jogo.

“Nós permanecemos firmes atrás. De modo geral, defensivamente estamos no melhor momento da temporada”, afirmou Piqué. “Gerard esteve muito bem. Sempre é assim. Ele e Lenglet estão fazendo uma dupla muito boa e são um seguro para nós”, disse Sergio Busquets. O técnico do Barcelona acompanhou a opinião do volante do time. “Está em um nível altíssimo”, afirmou Valverde. “Piqué esteve muito bem. Está em uma forma muito boa, hoje fez uma grande partida”, disse Nelson Semedo, outro que foi bem no jogo. “Fizemos uma partida muito séria, controlando os contra-ataques e defendendo bem as bolas aéreas”, disse Jordi Alba.

“Vendo a atmosfera e o quão intensa é a nossa equipe, que é mantida ao longo do tempo, é importante. Se não tínhamos vencido até agora, é porque aqui o time sofre”, afirmou Valverde sobre a marca histórica de vencer pela primeira vez em Old Trafford. “Quem sabe amanhã nos damos conta do que fizemos, porque agora estamos com a partida ainda quente”, continuou o treinador.

A vitória deixa o Barcelona mais perto da classificação, já que precisará apenas empatar em casa. “É um resultado curto, há uma segunda partida e sabemos como o United joga fora de casa”, disse Valverde, em referência ao que o time inglês fez contra o PSG, em Paris, nas oitavas de final. “A eliminatórias não está resolvida e falta muito para decidir”, continuou o técnico.

“Depois do que vimos do PSG, não podemos confiar em nada. Também eram muito favoritos e vejam o que aconteceu, ainda mais com equipes grandes como o Manchester. Temos que sair com muita concentração e os torcedores nos ajudarão a nos classificarmos”, disse Piqué, ex-jogador do Manchester United. Semedo, porém, disse que o que aconteceu com o time francês não assusta. “Não nos preocupa o que aconteceu com o PSG. Acredito que lutarão muito no Campo Nou, mas ali nós somos muito fortes também”, disse o lateral português. “Quando chegam essas partidas, a equipe responde”, avaliou Valverde.

O Barcelona terá antes do jogo contra o United o duelo com o Huesca, no sábado, dia 13. Depois, irá receber o United na próxima terça-feira, dia 16, no Camp Nou. Sabe que precisa evitar uma derrota para estar na semifinal e superar a campanha do ano passado, quando caiu nesta mesma fase para a Roma.