Entre 2013 e 2018, a média de público do Campeonato Brasileiro cresceu 27% em relação ao mesmo período de cinco anos entre 2003 e 2008, o quarto maior crescimento proporcional entre as 26 ligas analisadas em um estudo do Observatório do Futebol do Centro Internacional de Estudos do Esporte (CIES).

O público do Brasileirão era, segundo o CIES, de 13.698 pessoas por partida, nos primeiros anos do formato por pontos corridos. Desde então, com o estabelecimento de programas de sócio-torcedor e novos estádios para alguns dos principais clubes, esse número subiu para 17.402.

A liga analisada que teve o maior crescimento proporcional nesse período foi a primeira divisão polonesa, com 47%, mas, nesse caso, o público apenas mudou de péssimo para ruim: de 6.114 para 8.959. Em seguida, aparece a Major League Soccer, com 34%, de 15.920 para 21.358. A segunda divisão alemã é a terceira colocada, com crescimento de 32% (de 14.211 para 18.814).

Nas cinco principais ligas da Europa, a que mais cresceu foi a Bundesliga, com 11% (39.078 para 43.302). A Premier League subiu 8% (17.224 a 18.526). A Ligue 1, 1% (21.304 a 21.556). A Serie A viu uma queda de 1% no seu público (de 23.245 para 22.967), e La Liga, de 7% (29.510 a 27.381).

Com problemas sérios de segurança e frequentes escândalos, o Campeonato Grego registrou a maior queda de público proporcional, em 32%, de 5.724 pessoas a 3.896. Entre as cinco piores nesse quesito, estão duas escandinavas: a norueguesa, com queda de 29% (9.379 a 6.632) e a dinamarquesa, com 23% (de 8.309 a 6.391).

 

Média de público

O CIES também fez um ranking com as médias de público de 51 ligas ao redor do mundo, entre 2013 e 2018, e confirmou que a Bundesliga é a mais popular de todas, com 43.302 pessoas por partida. A Premier League aparece em segundo lugar, com 36.675, seguida por La Liga (27.381), Liga MX (25.582) e Serie A italiana (22.967).

Outras duas ligas de fora da Europa aparecem entre as dez primeiras colocadas. A Superliga Chinesa é a sexta (22.594), e a Major League Soccer, a oitava (21.358), com a Ligue 1 (21.556) entre elas. A segunda divisão alemã, com média de 18.814, fecha o top dez. O Brasileirão aparece em 13º lugar, com 17.402.

Clubes

O Borussia Dortmund tem a melhor média de público dessas 51 ligas entre 2013 e 2018, levando 80.230 pessoas por partida. O Manchester United é o segundo colocado, com 75.218, seguido por Barcelona (74.876), Bayern de Munique (73.781) e Real Madrid (69.822). Há outros três clubes alemães entre os dez primeiros: Schalke 04 (61.328), em sexto), Hamburgo (52.349), em oitavo, e Stuttgart (52.012), em nono.

O Arsenal (59.793) é o sétimo, e o Atlanta United fecha o top 10, mas considerando apenas suas duas temporadas na Major League Soccer. Sem o Atlanta, o décimo colocado seria mais um alemão: o Borussia Monchengladbach, com 51.369 pessoas. Não aparece nenhum brasileiro entre os 52 primeiros colocados. 

Proporção

Nesses cinco anos, o Celtic, sozinho, é responsável por 36,5% do público do Campeonato Escocês. A porcentagem é também acima de 30% com o Hadjuk Split, na Croácia, o Estrela Vermelha, na Sérvia, e o Maribor, na Eslovênia. Em quinto lugar, aparece o Cerro Porteño com 29,4% do público do Campeonato Paraguaio.

Os três clubes mais populares de cada país representam mais de 60% do público na Escócia, na Croácia, em Portugal, na Eslovênia e no Paraguai.