Enquanto não encontra um técnico, Palmeiras goleia novamente e fecha fase de grupos com a melhor campanha

Enquanto pergunta a todas as pessoas que falam espanhol no mundo se elas querem treinar o seu time, o Palmeiras fechou a sua campanha na fase de grupos da Libertadores com a quinta vitória em seis jogos ao bater o Tigres, por 5 a 0, nesta quarta-feira, no Allianz Parque.

Foi uma campanha praticamente perfeita, com 17 gols marcados e apenas dois sofridos, o que sublinha mais a fragilidade do grupo do que o desempenho do Palmeiras, raramente ótimo sob o comando de Vanderlei Luxemburgo – tanto que ele acabou demitido, apesar de poucas derrotas no ano. Andrey Lopes comandou a equipe interinamente.

Ainda procurando um técnico permanente, após a recusa de Miguel Ángel Ramírez do Independiente del Valle, e mesmo contra um time desfalcado da segunda divisão argentina, levou alguns sustos nos primeiros minutos da etapa inicial. Nada sério, mas Weverton precisou impedir que Morales abrisse o placar logo no comecinho, após a defesa bater cabeça.

Com Gabriel Verón e Wesley abertos, o Palmeiras chegava com facilidade quando conseguia dar campo aos seus rápidos atacantes. Como aos seis minutos, quando Verón arrancou pela direita e cruzou. Wesley deu um leve desvio para tentar fazer o gol e acabou tirando a bola de Luiz Adriano, que aparece na segunda trave para marcar.

O Tigres respondeu com um cruzamento que atravessou a área e encontrou Magnín pelo lado direito. O chute, quase na boca do gol, pegou a rede pelo lado de fora. Mas, aos 33 minutos, a superioridade técnica do Palmeiras fez a diferença. Wesley ganhou a bola pelo alto, foi à linha de fundo e cruzou para a área. Raphael Veiga dominou e bateu forte para fazer 1 a 0.

Os argentinos haviam feito um bom primeiro tempo, mas não descobriram como reagir quando o Palmeiras anotou o segundo gol. Luiz Adriano perdeu um pênalti sofrido pro Gabriel Menino, mas, logo na sequência, Gustavo Gómez ampliou, de cabeça, em cobrança de escanteio. E, aos 20 minutos, Zé Rafael matou a parada com um chute cruzado de dentro da área, recebendo passe de Wesley.

Rony, que entrou no lugar de Wesley, aos 24 minutos, tomou conta dos minutos finais. Recebeu um lançamento de Danilo e cruzou para Verón fazer o quarto e depois ele próprio se jogou na pequena área para completar o centro de Viña.

O Palmeiras voltou a vencer, após quatro derrotas seguidas, o que é sempre importante para o moral do grupo e, pelo terceiro ano consecutivo, fechou a fase de grupos com a melhor campanha. O Santos também fez 16 pontos, mas com saldo de gols menor (15 x 5). Tentará agora manter o embalo no mata-mata, o que não conseguiu nas temporadas anteriores.

Mas, antes, precisa encontrar um treinador.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

.

.