Chelsea e Manchester City viveram uma semana oposta de suas situações no Campeonato Inglês. Enquanto o líder Manchester City viu seu sonho na Liga dos Campeões ruir, o quarto colocado Chelsea foi capaz de uma classificação heróica. Com ânimos distintos, as duas equipes se encontram na próxima segunda-feira no Stamford Bridge, em jogo que fecha a 15ª rodada da Premier League.

Segundo o técnico André Villas-Boas, a partida será vital para as ambições dos Blues no campeonato nacional: “Nós continuamos buscando o título da Premier League, mesmo quando perdemos ou empatamos. No entanto, a competição se tornará extremamente difícil se perdermos. Os 13 pontos de diferença podem piorar uma distância que já é muito, muito grande”.

O português não deve encontrar dificuldades para escalar sua equipe titular. A única dúvida para o jogo é o lateral José Bosingwa, que será reavaliado pelos médicos por conta de um problema na virilha. Caso o defensor não jogue, Branislav Ivanovic cairá pelo lado direito, enquanto os brasileiro Alex e David Luiz concorrem a um espaço na zaga.

O destaque, porém, fica com o ataque, que contará com três nomes em grande fase. Motivado pelos gols contra o Valencia, Didier Drogba finalmente conquistou se espaço com Villas-Boas. E, nas pontas, Daniel Sturridge e Juan Mata lideram as estatísticas do clube em gols e assistências, respectivamente.

Pelo Manchester City, as maiores preocupações de Roberto Mancini estão nas laterais. Aleksandar Kolarov e Micah Richards estão descartados, enquanto Pablo Zabaleta pode desfalcar a ala direita. Ao menos Gael Clichy está confirmado pelo lado esquerdo, enquanto Joleon Lescott e Vincent Kompany ocupam o meio da defesa.

Nos outros setores, o italiano terá suas principais peças à disposição. Do meio para frente, a única mudança em relação ao time que venceu o Bayern Munique na quarta-feira deve ser James Milner no lugar de Samir Nasri. Segundo e terceiro na tábua de artilheiros, Kun Agüero e Edin Dzeko vão para o jogo, bem como o melhor passador da competição, David Silva.

Tottenham tenta se aproveitar de má fase do United

Em crise após a eliminação na Liga dos Campeões, o Manchester United terá boa chance de recuperação no sábado. Os vice-líderes da Premier League recebem o Wolverhampton, 16º colocado, em Old Trafford. Resta saber se Sir Alex Ferguson superará a longa lista de desfalques, que inclui nove jogadores, entre eles o capitão Nemanja Vidic.

Quem pode se aproveitar de um tropeço do United é o Tottenham, em terceiro com dois pontos a menos. Os Spurs, contudo, terão uma parada difícil: pegam o Stoke City, algoz na Copa da Liga, no Britannia Stadium. O meia Gareth Bale é principal dúvida de Harry Redknapp para o jogo.

Confira os jogos da 15ª rodada do Campeonato Inglês:

Sábado, 10/dez
Arsenal x Everton
Bolton x Aston Villa
Liverpool x Queens Park Rangers
Manchester United x Wolverhampton
Norwich City x Newcastle
Swansea City x Fulham
West Bromwich x Wigan

Domingo, 11/dez
Sunderland x Blackburn
Stoke City x Tottenham

Segunda-feira, 12/dez
Chelsea x Manchester City