Em um time instável como o Barcelona, perda de Ansu Fati por quatro meses é enorme

Atacante de 18 anos sofreu uma lesão no joelho que o afasta até início de 2021 e deve fazer falta ao Barça

O Barcelona recebeu uma péssima notícia nesta segunda-feira. O atacante Ansu Fati sofreu uma lesão no joelho e passou por cirurgia, o que o afastará dos gramados por quatro meses. A lesão aconteceu no menisco interno durante a vitória por 5 a 2 sobre o Betis, no último sábado. Sua ausência será sentida, já que era um dos jogadores em ascensão, enquanto outros jogadores passam por um momento pouco confiável, como Antoine Griezmann.

[foo_related_posts]

A lesão aconteceu em uma entrada de Mandi, que resultou no pênalti perdido por Griezmann. Fati ficou em campo até o intervalo, quando entrou Lionel Messi em seu lugar. Não parecia uma lesão séria, mas acabou sendo mais grave do que o esperado. Nesta temporada, Fati marcou cinco gols e fez duas assistências nos 10 jogos que disputou.

Com a lesão, ele também ficará fora dos jogos da seleção da Espanha, pela qual estreou em setembro. A Roja irá enfrentar Holanda, Suíça e Alemanha, todos pela Liga das Nações. Fati fez quatro jogos pela seleção espanhola até aqui e tem tudo para estar no grupo que vai à Eurocopa, no próximo mês de junho.

Com quatro meses de ausência, ele deve ficar fora ao menos até fevereiro, o que significa perder uma parte importante da temporada. Provavelmente os jogos das oitavas de final da Champions League. Dada a gravidade da lesão, será preciso ver como ele voltará, quanto tempo efetivamente levará para voltar a estar disponível.

“Ansu Fati foi operado com sucesso pelo Dr. Ramon Cugat pela lesão no menisco interno do seu joelho esquerdo, sob a supervisão da equipe médica do clube. O jogador ficará fora por aproximadamente quatro meses”, afirmou o Barcelona em uma nota oficial.

Sem Ansu Fati, o técnico Ronald Koeman precisará encontrar soluções. Fati vinha sendo titular do time com constância. Sem ele, o técnico precisa pensar em como montar o seu ataque. Messi, claro, é titular absoluto. Ousmane Dembélé tem sido usado com frequência e pode se firmar de vez no time titular. Entre as opções mais prováveis, em um primeiro momento, é a entrada de Pedri, contratação desta temporada e ainda muito jovem, também com 18 anos.

Além de Pedri, Philippe Coutinho pode atuar mais avançado, como um ponto por um dos lados. É uma posição que conhece e que já atuou nos primeiros jogos com o atual técnico, logo quando voltou ao Barcelona. Francisco Trincão é mais uma alternativa de lado de campo, contratado nesta temporada. Por fim, o menos provável é que Martin Braithwaite possa entrar. O centroavante parece a última opção de ataque.

Seja como for, o atacante deve fazer muita falta. Ele é quem melhor combina a velocidade e habilidade, além de um bom faro de gol. As opções pelos lados, como Dembélé, Trincão e Pedri, são rápidos e habilidosos, mas não são tão marcadores de gols como Fati tem se mostrado. Será importante tentar recuperar Griezmann, certamente o mais caro dos jogadores em má fase do clube. Ainda que suas características sejam muito diferentes de Ansu Fati, a ausência do garoto pode dar ao francês mais espaço para se recuperar. Resta saber se ele aproveitará.