O Bayern de Munique venceu no seu primeiro jogo em casa depois da retomada da Bundesliga. Depois de vencer o Union Berlim fora de casa, na Allianz Arena os bávaros venceram o Eintracht Frankfurt por 5 a 2, em um jogo com alguns altos e baixos, mas com um bom rendimento especialmente de Alphonso Davies e Thomas Müller.

O Frankfurt foi um jogo marcante no primeiro turno. O Frankfurt goleou e, com isso, derrubou o técnico Niko Kovac. Aquele 5 a 1 foi a gota d’água de um trabalho que já não caminhava bem. Desta vez, o Bayern foi muito melhor, apesar das desatenções na defesa que geraram os dois gols.

Para manter um clima quente no estádio, mesmo com as arquibancadas vazias, o Bayern mandou colocar o áudio da torcida do clube. E, assim, na transmissão dava a impressão de ter pessoas no estádio.

Desde os primeiros movimentos, ficava claro que o jogo era do Bayern. O time dominava as ações e pressionava no campo de ataque. Criou chances pelos lados do campo, usando seus bons pontas e empurrado o Eintracht Frankfurt para sua defesa.

O primeiro gol saiu aos 17 minutos do primeiro tempo. Müller recebeu na ponta esquerda, carregou a bola até a linha de fundo e, de cabeça erguida, ele cruzou para trás. Goretzka chegou tocando de primeira, no alto, sem chance: 1 a 0.

A pressão seguia e Robert Lewandowski, querendo marcar o seu gol, acertou o travessão. Até que, no final do primeiro tempo, não teve jeito. Aos 41 minutos, o Bayern chegou ao segundo gol. Alphonso Davies desceu pela esquerda, cruzou para a área e Müller, livre, dominou de forma desajeitada, girou e marcou: 2 a 0.

No início do segundo tempo, o Bayern já tratou de dar uma esfriada no jogo com um logo no primeiro minuto da segunda etapa. Müller abriu para Coman, na direita, e o ponta cruzou para a área. Lewandowski até precisou se abaixar para tocar de cabeça, à queima roupa, e marcar: 3 a 0. Foi o seu 26º gol na Bundesliga, da qual é artilheiro absoluto. Timo Werner, do RB Leipzig, tem 21 e é o segundo colocado na tábua de artilheiros.

A impressão que dava é que o jogo estava definido. Só que de repente, não estava mais. Em um escanteio, cinco minutos depois de ter sofrido o gol, o Frankfurt diminuiu. Hinteregger aproveitou uma confusão dentro da área e, sozinho, mandou para a rede: 3 a 1. Parecia um gol de honra apenas, mas logo depois veio mais um. Três minutos depois, outro escanteio, mais uma vez Hinteregger, desta vez tocando de cabeça na primeira trave: 3 a 2. Era o famoso: Temos um jogo”.

O problema é que não demorou para o Bayern jogar outro balde de água fria nas pretensões do Frankfurt. Alphonso Davies desceu ao ataque pela esquerda, com velocidade, Gelson Fernandes se antecipou e tocou mal para o lado. O próprio Davies aproveitou para tocar de pé direito e marcar: 4 a 2.

O Frankfurt por pouco não empatou. André Silva recebeu dentro da área, de costas, e ajeitou de calcanhar para Mijat Gacinovic, que chutou de primeira. Neuer fez uma grande defesa e impediu que os visitantes diminuíssem o placar.

O Bayern conseguiu mais um gol de forma um tanto patética. Gnabry recebeu na ponta esquerda, tocou para tirar do goleiro e Hinteregger tentou cortar, se enrolou com a bola e acabou marcando contra: 5 a 2.

A vitória leva o Bayern a abrir cinco pontos de vantagem na liderança, mas tem um jogo crucial na próxima rodada, na terça-feira: o Borussia Dortmund, no estádio Signal-Iduna Park, casa dos aurinegros. Caso vença, o Dortmund diminui a diferença para dois pontos e deixa a disputa ainda mais acirrada pela salva de prata.

Standings provided by SofaScore LiveScore