O lateral direito Lukasz Pisczcek, 35 anos, anunciou que a próxima temporada será sua última como jogador profissional e também que abrirá mão de ser vice-capitão do Borussia Dortmund para abrir espaço ao crescimento de novos líderes.

Único remanescente do bicampeonato alemão no começo da década sob o comando de Jürgen Klopp, ao lado de Matts Hummels, Piszczek soma 363 jogos e 18 gols pelo Borussia Dortmund desde que chegou do Hertha Berlim, em 2010.

Também conquistou duas vezes a Taça da Alemanha e foi titular na final da Champions League contra o Bayern de Munique, em 2013, e, apesar da idade, seguiu sendo regularmente titular nas últimas temporadas, quando esteve disponível.

“Eu sempre amei assumir responsabilidade junto com meus colegas e liderar o time”, afirmou, ao site do clube. “No Conselho da Equipe, mas também como vice-capitão. Agora, eu quero ativamente ajudar a moldar a transição e ajudar outros a se envolverem mais”.

“Por esse motivo, eu decidi abrir mão de ser vice-capitão e também da minha vaga no Conselho da Equipe, mas continuarei ajudando porque sei que minha opinião é valorizada no vestiário. Eu continuarei a expressá-la e estarei disponível com meus conselhos ou qualquer pergunta que tiverem para mim”, completou.

O Borussia Dortmund recentemente reforçou a lateral direita com a chegada de Thomas Meunier, que ficou sem contrato com o Paris Saint-Germain.

.