Depois de 27 anos, a Adidas está de volta à Bombonera. E, nesta sexta-feira (10), os uniformes oficiais que o Boca Juniors vestirá em seu primeiro ano de volta à parceria com a fornecedora foram oficialmente lançados.

Evidentemente, a Adidas não ousou mexer muito na camisa titular. A faixa amarela que atravessa horizontalmente a camisa azul é, afinal, perene. E as novas versões quase sempre parecem modernas, mesmo mantendo tanto do passado, o que é o caso também aqui.

Já na camisa reserva, o espaço para criação é muito mais amplo, e a fornecedora caprichou: o branco é uma espécie de releitura dos uniformes reservas clássicos dos anos 1990, complementado com a arte notavelmente utilizada pela Alemanha na Copa de 1990.

As novas camisas vêm ainda com a recém-lançada tecnologia AeroReady, feita para oferecer melhor ventilação e resfriamento aos atletas, e o Boca é um dos primeiros clubes a recebê-la em seus uniformes.

Adidas e Boca Juniors viveram uma parceria longeva da última vez, entre 1979 e 1993, abrangendo um período importante de Diego Maradona no clube, em sua primeira passagem pela equipe (1981/82). É justamente este histórico que faz o adeus à Nike não parecer tão estranho – e o retorno à Adidas tão apropriado.

Depois de 24 anos com a Nike, o contrato com a Adidas, iniciado neste mês, tem duração prevista de dez anos.