Em parceria inédita, JogaMiga patrocinará time feminino do Íbis

O conhecido pior time do mundo terá uma versão feminina em um projeto em parceria com o JogaMiga

Por Livia Camillo, do Papo de Mina

Em 2020, o Íbis Sport Club, do Pernambuco, famoso pelo apelido de “pior time do mundo”, terá seu primeiro elenco próprio de futebol feminino. Justamente na temporada em que a pandemia do novo coronavírus impôs uma brusca pausa na curva crescente da modalidade no Brasil. Com o patrocínio máster do JogaMiga, em uma parceria inédita, a equipe terá condições de colocar suas atletas em campo para disputar o Campeonato Pernambucano.

“Nosso projeto é multiáreas. Além dos treinos, temos ferramentas e produzimos conteúdo para dar visibilidade ao futebol de mulheres. Por isso, achamos importante uma equipe conhecida nacionalmente como o Íbis ter uma equipe feminina”, disse Nayara Perrone, fundadora do coletivo.

O Íbis criou seu primeiro plantel feminino em 2019, visando o estadual desta temporada. No entanto, as dificuldades financeiras se tornaram um empecilho para a concretização do projeto, uma vez que a equipe recebia pouco apoio financeiro. Anteriormente, o clube fazia parcerias com times menos conhecidos para disputar os campeonatos femininos.

“Hoje temos uma bela equipe. São 30 atletas, mas sem dinheiro, sempre perdemos jogadoras para o Náutico ou Sport, que são times com uma estrutura melhor. Até mesmo alugar um campo para treinar é algo complicado para nós”, relatou Cristiano Recife, diretor e treinador da equipe feminina do Íbis.

O patrocínio, válido até o fim de 2020, entra como uma forma de sustentar pequenos investimentos e transações necessárias, como a própria inscrição das atletas para a disputa do torneio. “Basicamente fizemos dentro da nossa realidade, mas foi suficiente para conseguir cadastrar todas as atletas, pagar transporte, alimentação, etc.”, afirmou Nayara.

“Uma das maneiras com que mantemos o projeto é com a Loja JogaMiga, que tem vários itens e, desde que bolamos isso, decidimos que uma parte das vendas seria para esse tipo de apoio. O Íbis é nosso primeiro parceiro, esperamos com isso iniciar um processo sem fim e ajudar a tornar o futebol de mulheres mais forte. E, principalmente, fazer os apoios no profissional chegarem a quem mais precisa: os times e jogadoras”, acrescentou.

Foco no desenvolvimento da modalidade

O JogaMiga começou como um coletivo para promover treinos de futebol para mulheres em São Paulo, capital. No entanto, ao expandir as atividades para outras áreas, como mapear a prática da modalidade pelo país, também se tornou pioneiro ao estampar a camisa do time pernambucano.

“O projeto existe para que as mulheres de hoje possam jogar e também para que as meninas possam se inspirar, possam saber que têm espaço para o sonho de ser uma jogadora de futebol”, concluiu a fundadora do JogaMiga.