O Bahia tem se marcado por ações que promovem o debate de assuntos importantes, como o racismo ou a demarcação de terras indígenas, e mais uma vez aproveita o alcance de um dos clubes mais populares do Brasil para tocar em uma questão importante: o reconhecimento de paternidade. Segundo nota publicada em seu site, 5,5 milhões de crianças no país não possuem o nome do pai em seus registros.

Por isso, a partir de segunda-feira, começo da semana do Dia dos Pais, o Bahia abrirá as portas da Loja Esquadrão, na Fonte Nova, entre 8h e 18h, para exames de DNA gratuitos e para a retirada de dúvidas. A ação é acompanhada por um tocante vídeo de uma criança que tem tanta coisa para contar ao pai, mas, infelizmente, não sabe quem ele é.