Nesta terça, parte dos clubes da Serie A entraram em campo, disputando os jogos adiados por conta da morte de Davide Astori. E de uma maneira como não poderia se imaginar semanas atrás, a Fiorentina entrou de vez na disputa por um lugar na Liga Europa. A corrida pela última vaga italiana nos torneios continentais, aliás, é acirradíssima. Assim como a Viola, Atalanta e Sampdoria somam os mesmos 47 pontos.

Para que o sétimo colocado da Serie A vá à Liga Europa, a Juventus precisa conquistar a Copa da Itália ou, se o Milan ficar com a taça, precisa terminar em uma das sete primeiras posições. Não parece grande problema, embora os rossoneri tenham perdido embalo após a derrota para a Juve pela liga e, nesta quarta, façam partida difícil no clássico contra a Internazionale. O time de Gennaro Gattuso permanece na sexta colocação, com 50 pontos, três de vantagem para o trio que vêm logo abaixo.

A Fiorentina emendou a quinta vitória consecutiva nesta terça, ao derrotar a Udinese por 2 a 0 no Estádio Friuli. Jordan Veretout abriu o placar aos 29 minutos, após pênalti sofrido por Federico Chiesa. E o próprio garoto construiu a jogada do segundo tento, aos 26 da etapa complementar, passando para Giovanni Simeone definir. Como era de se esperar, o duelo acabou marcado pelas homenagens a Astori. As duas torcidas levaram faixas e bandeirões, relembrando o capitão violeta. Já aos 13 minutos, em referência ao número da camisa usada pelo defensor, houve um minuto de aplausos.

Além disso, aconteceu confronto direto em Bérgamo. Melhor para a Sampdoria, que vinha de uma sequência ruim de resultados, mas conquistou enorme vitória por 2 a 1 sobre a Atalanta. Gianluca Caprari deixou os blucerchiati na frente durante o fim do primeiro tempo, aproveitando uma bobeira de Rafael Tolói. Já aos 22 da segunda etapa, o brasileiro parecia se redimir, empatando à Dea. O problema veio no apagar das luzes. Aos 39, numa pane geral dos nerazzurri, Duván Zapata não perdoou.

Diante do empate triplo, com todos os três somando os mesmos 47 pontos, a vantagem é Sampdoria, que ocupa o sétimo lugar por ter vencido os quatro confrontos diretos. Já no duelo entre Atalanta e Fiorentina, atualmente a Dea leva a melhor pelo saldo de gols e está na oitava posição. Todavia, quem demonstra mais fôlego e mais força para esta reta final de temporada é justamente a Viola. Será uma corrida sensacional. E é bom o Milan não cochilar, porque a disputa alucinante pode impulsionar o trio na tabela.


Os comentários estão desativados.