Graças à sua dupla de ataque, a Internazionale conseguiu uma grande vitória sobre o Slavia Praga por 3 a 1 nesta quarta-feira, pela quinta rodada da fase de grupos da Champions League. O jogo era crucial para a disputa por uma das vagas na próxima fase. Lautaro Martínez e Romelu Lukaku tiveram uma atuação decisiva para determinar o resultado. Os atacantes trabalharam bem juntos e, com um segundo tempo muito bom, definiram uma partida que estava difícil contra o time tcheco, mais uma vez dificultando os rivais.

O técnico Antonio Conte não teve dois jogadores que têm sido fundamentais para a Inter: os meio-campistas Stefano Sensi e Nicolò Barella, ambos machucados. A lista no departamento médico ainda tinha Alexis Sánchez (que só deve voltar em 2020) e Kwadwo Asamoah.

Como tem sido constante nesta Champions League, o Slavia Praga conseguiu começar bem o jogo, tocando bem a bola e chegando ao campo de ataque. Não transformou em chances claras de gol, mas ficava no campo de ataque. Criou as melhores chances na primeira etapa.

A Inter conseguiu abrir o placar aos 19 minutos. Em um lançamento longo, Lukaku ganhou no corpo, carregou a bola pela direita e cruzou para dentro da área. Lautaro Martínez finalizou de primeira para marcar: 1 a 0.

O final do primeiro tempo foi muito movimentado. Aos 35 minutos, o Slavia Praga saiu jogando errado, Lautaro Martínez tomou a bola e rolou para Lukaku completar para o gol vazio: 2 a 0. Ele mal comemorou, colocando a mão no ouvido. Pareceu ter ouvido ofensas racistas. Só que pior ainda para a Inter foi que o árbitro foi chamado pelo VAR a revisar um lance lá no início da jogada, quando o time tcheco estava na área. Foi marcado pênalti de Stefan De Vrij. Ou seja: anulado o gol de Lukaku e pênalti para o Slavia. Tomas Soucek cobrou e marcou para, aí sim, mexer no placar: 1 a 1.

Os primeiros 15 minutos do segundo tempo tiveram a Inter melhor na partida, criando chances – e desperdiçando. Só que aos 17 minutos, o Slavia criou duas boas chances. Primeiro, Lukas Masopust arriscou de fora da área e exigiu grande defesa de Handanovic, em chute desviado. Depois, foi a vez de Ibrahim Traoré chutar de fora e levar muito perigo.

Como resposta, a Inter conseguiu um bom lance. Depois de lutar pela bola, Lautaro Martínez abriu para a direita com Antonio Candreva, que tirou da marcação e cruzou de pé esquerdo. Lukaku, de cabeça, desviou a bola, que bateu na trave. No rebote, Lautaro ainda deu uma bicicleta para devolver a bola à área, mas ninguém conseguiu aproveitar.

Pouco depois, aos 21, a Inter criou mais uma chance. De fora da área, Brozovic pegou o rebote de um lance e bateu de primeira, um chutaço, e a bola explodiu no travessão. O jogo esquentou e ficou bom. Em um erro de Borja Valero, que esperou a bola, Masopust se antecipou e saiu na cara do gol. Ele chutou e Handanovic defendeu, salvando o time italiano. Em seguida, Lautaro Martínez chutou de fora da área e levou perigo, mas mandou fora.

O time italiano seguiu em cima. Em uma bola longa, Lukaku ajeitou e Lautaro Martínez ganhou na corrida para ficar com a bola à frente e, mesmo marcado, finalizar. Mandou para fora e desperdiçou mais uma chance. Logo depois, o técnico italiano chamou Sebastiano Sposito, atacante de apenas 17 anos. Ele tirou o meio-campista Matías Vecino para tornar o time mais ofensivo, com três atacantes. Foi para um 3-4-3. Pouco antes, o técnico já tinha tirado Cristiano Biraghi e Boja Valero para as entradas de Valentino Lazaro e Roberto Gagliardini.

Logo depois da alteração, a Inter chegou ao segundo gol. Em um lançamento para o ataque, Lautaro Martínez saiu da bola, desconcertando a defesa tcheca. O zagueiro ainda escorregou e Lukaku ficou com a bola, sozinho, diante do goleiro Ondrej Kolar, que saiu desesperado do gol. O atacante belga tirou do goleiro, levou a bola até perto da linha e chutou forte, estufando a rede: 2 a 1 para a Inter e muita comemoração dos italianos.

Em uma saída de bola errada, a Inter definiu o jogo. Eram 36 minutos, a Inter tomou a bola, Lukaku pegou a bola pela direita e, com um lindo passe de trivela, colocou Lautaro na cara do gol. O argentino não desperdiçou: pegou de primeira pelo alto e marcou um belo gol: 3 a 1 para a Inter.

Ainda sairia outro gol, com Lukaku, que recebeu a bola, pedalou para cima da marcação e, de pé esquerdo, mandou para o fundo da rede. Era para ser 4 a 1, só que o árbitro revisou o gol e marcou impedimento do belga no início do lance, anulando o gol. O árbitro encerrou o jogo, que ficou mesmo 3 a 1.

O Barcelona venceu o Borussia Dortmund e garantiu a classificação em primeiro lugar. Na última rodada, Inter e Dortmund disputam a vaga e será bastante acirrado. A Inter recebe o Barcelona em San Siro e, com uma vitória, está classificado. O Borussia Dortmund recebe o Slavia Praga e precisa vencer e torcer para a Inter não vencer. Tende a ser uma rodada bastante interessante de acompanhar. Os jogos serão no dia 10 de dezembro, às 17h.

Classificações Sofascore Resultados