Valentino Mazzola simboliza o Torino como poucas lendas do futebol italiano. O craque mítico conduziu os grenás às suas maiores conquistas e, infelizmente, perdeu sua vida com o restante do elenco pentacampeão italiano em Superga. Neste sábado, completaram-se 100 anos do nascimento do camisa 10. E o centenário – que também será relembrado aqui na Trivela com um especial – obviamente não passaria batido pelo Toro. Um dia antes da partida, a memória de Mazzola foi exaltada antes do jogo contra a Internazionale, em Turim. Seu filho, Sandro Mazzola, justamente ídolo dos nerazzurri, esteve presente. E os herdeiros do gênio fizeram as honras dentro de campo. O Torino conquistou a vitória por 1 a 0, que amplia a fase ruim dos interistas na Serie A.

No sábado, aconteceu a cerimônia em tributo a Valentino Mazzola, com direito a um troféu e uma camisa especial relembrando o craque. Já nas arquibancadas, neste domingo, a imagem do veterano apareceu em vários bandeirões. Quando a bola rolou, apesar das chances da Inter nos primeiros minutos, o Torino aumentou sua pressão e garantiu a vitória aos 35 minutos. Após cobrança de escanteio, Armando Izzo cabeceou e encobriu a defesa para marcar. Pior, os interistas sequer conseguiram reagir, com os grenás mais próximos do segundo. No fim, Matteo Politano ainda foi expulso.

Com apenas duas vitórias nos últimos cinco jogos, a Internazionale permanece em terceiro, se valendo da falta de regularidade dos oponentes. Com 40 pontos, está a oito do Napoli, mas também cinco à frente do Milan, logo abaixo na tabela. Já o Torino tenta se aproximar do grupo que luta pelas copas europeias. Em décimo, o Toro soma 30 pontos, a cinco da zona da Champions e a três da Liga Europa.