Não é por pouco que o Grenal é considerado por muita gente como o maior clássico futebol brasileiro. Há quem discorde, claro, mas a história da rivalidade gaúcha fala por si. Um duelo que, mais do que a particularidade regional em que Grêmio e Internacional estão inseridos, também remete aos grandes esquadrões que colorados e tricolores tiveram. Se o clássico é tão cultuado nos dias de hoje, deve tanto às glórias do passado quanto à identidade gaúcha.

LEIA MAIS: Há 70 anos nascia o jogador que uniu gremistas e colorados contra a Seleção na ditadura

Neste domingo, o palco do Grenal é a Arena do Grêmio, em confronto que vale bastante na briga pelo G-4 do Brasileirão. E, para esquentar os ânimos, relembramos dois grandes momentos. Em 1975, época em que o Inter de Falcão dominava o futebol brasileiro, também mantinha a supremacia contra os gremistas. Tanto que, após o triunfo por 3 a 1 dos colorados, o ídolo Tarciso desabafou nos microfones. Entretanto, a desforra do Grêmio não tardaria a vir, a partir dos anos 1980. Um domínio que inclui o “Grenal das Faixas”, amistoso em 1984 no qual os campeões do mundo bateram os campeões gaúchos por 4 a 2.

Futebol se faz de história: