Durante os últimos dias, a Itália registrou os primeiros casos de pessoas infectadas com o coronavírus no país. Para evitar que a doença se espalhe, o governo resolveu intervir e anunciou diferentes medidas, incluindo o cancelamento de eventos esportivos em algumas regiões. Até o início do sábado, mais de 40 jogos de futebol terminaram adiados por conta do surto. Já no final do dia, o primeiro ministro italiano ampliou as ações e inclusive suspendeu todos os eventos esportivos marcados para as regiões da Lombardia e do Vêneto, o que também afetou a Serie A. Três partidas inicialmente agendadas para o domingo serão remarcadas.

Até o momento, 79 pessoas na Itália foram diagnosticadas com o coronavírus e duas delas morreram. É o país europeu com o maior número de registros. Os casos se concentram na Lombardia e no Vêneto, regiões ao norte do território. Para diminuir o contágio, aulas foram suspensas, assim como departamentos públicos não funcionarão. Entre os infectados, há inclusive um jogador de futebol das ligas amadoras italianas. Existe a suspeita que ele tenha transmitido o vírus a companheiros e adversários.

As partidas canceladas pela Serie A são: Internazionale x Sampdoria, Verona x Cagliari e Atalanta x Sassuolo. Na Serie B, não acontecerá o Ascoli x Cremonese. E a Serie A Feminina também foi afetada, com Milan x Fiorentina suspenso. É possível que as medidas do governo também atinjam a Liga Europa. Na próxima quinta-feira, a Internazionale receberá o Ludogorets na volta dos 16-avos de final.

O coronavírus já tinha afetado outras competições no Extremo Oriente. O Campeonato Chinês está suspenso de maneira indefinida. Já na Liga dos Campeões da Ásia, as partidas envolvendo os clubes chineses não devem acontecer ao menos até abril. Diversas equipes do país, onde foram registrados os primeiros casos da doença, realizam suas atividades no exterior. O Wuhan Zall, time da cidade na qual o vírus se originou, chegou a viajar à cidade de Málaga para a pré-temporada. Nenhum dos jogadores foi diagnosticado com a doença na Espanha, mas alguns clubes se recusaram a disputar amistosos contra o sexto colocado da última Super League.

Vale acompanhar, abaixo, a thread publicada pelo jornalista Braitner Moreira sobre o coronavírus na Itália: