Em 57 minutos, Torres fez o gol que demorou 13 jogos para sair no Chelsea

Torres chegou ao Milan já afastando as piadas e marcou seu primeiro gol no segundo jogo com a camisa rossonera

Demorou menos de uma hora para Fernando Torres dar à torcida do Milan a alegria que demorou tanto para a do Chelsea sentir. Foram 14 minutos em branco na estreia contra a Juventus e mais 43 contra o Empoli antes de colocar a bola nas redes, em menos de uma hora de história com a camisa vermelho e preta, com uma linda cabeçada que encobriu o goleiro Luigi Sepe.

LEIA MAIS: Pirlo deu uma aula ao falar de Balotelli, o “antídoto contra o veneno dos racistas”

Em Stamford Bridge, precisou de 740 minutos, sem contar os acréscimos. Na verdade, fez apenas um gol nos seus primeiros seis meses pelo Chelsea, após 13 partidas na segunda metade da temporada 2010/11. Foi na vitória por 3 a 0 sobre o West Ham.

Fez mais 44 antes de se transferir para a Itália, onde pode ser uma aquisição de valor para o elenco de Pippo Inzaghi. A rapidez e a habilidade que possui encaixam muito bem com a proposta do treinador de formar um ataque leve e bom no contra-ataque. Nesta terça-feira, foi visto várias vezes caindo pelos dois lados do campo, como no vídeo abaixo, uma faixa bônus de Fernando Torres para você:

Sem a pressão do dinheiro que o Chelsea gastou para tirá-lo do Liverpool, e em um campeonato de nível técnico inferior ao Inglês, Torres pode reconquistar a confiança e tem tudo para ter bons anos de carreira pelo Milan. Talvez nunca vire a flecha letal dos tempos de Anfield Road, mas pode contribuir bastante para um time em pleno processo de renovação.

Você também pode se interessar por:

>>>> Gattuso incorporou o “Scarface” em uma coletiva de imprensa épica na Grécia

>>>> Florenzi comemora gol com a avó, e o árbitro ainda tem coragem de lhe dar cartão amarelo