O AZ passeou em seu compromisso nesta terça-feira, pela Copa da Holanda. Os alvirrubros golearam o PEC Zwolle por 5 a 0, com destaque aos dois gols de Oussama Idrissi. No entanto, o lance mais interessante (e bizarro) da noite em Alkmaar não terminou com a bola nas redes – embora devesse. É até difícil descrever a jogada, de tão peculiar, e talvez a ajuda de um físico fosse necessária.

Mats Seuntjens estava de frente para o crime. Ganhou do marcador na corrida e recebeu o passe na entrada da área. Percebendo o goleiro adiantado, resolveu encobri-lo. E era para ser um verdadeiro golaço, diante da parábola espetacular que o chute fazia. Pois a bola, girando e girando, caiu bem em cima da linha. Girando e girando, não quicou para dentro, e sim para fora do gol. O que deveria ser uma pintura virou uma chance desperdiçada. E a cara de Seuntjens logo após o lance diz tudo. Ao menos ele faria um dos gols da partida.