O jogo aproximava-se do fim, e nada indicava que a Fiorentina conseguiria empatar contra a Internazionale. Havia levado 1 a 0 muito cedo, do velho conhecido Borja Valero, e não pressionava. Eis que Dusan Vlahovic pegou a bola na altura do meio-campo e disparou. Correu, correu, com Milan Skriniar na marcação. E continuou correndo. Quando entrou na área, soltou um míssil cruzado de perna esquerda e conseguiu arrancar o empate à Viola: 1 a 1.

O placar foi aberto aos oito minutos, quando Valero recebeu o passe de Brozovic dentro da área e conseguiu chutar entre as pernas de Milenkovic. Imediatamente, levantou as mãos, como que pedindo desculpas à torcida da Fiorentina, que defendeu entre 2012 e 2017 – Valero carrega as coordenadas de Firenze tatuadas em seu braço.

Handanovic precisou fazer uma bela defesa em chute de fora da área de Milan Badelj pouco depois, e Lautaro Martínez chegou a fazer 2 a 0, mas o gol foi anulado por impedimento de Lukaku no começo da jogada. No segundo tempo, Lukaku perdeu uma chance incrível depois de ganhar o espaço da marcação no corpo.

E aos 47 minutos do segundo tempo, Vlahovic recolheu a bola no meio-campo, com a Internazionale desarrumada e no campo de ataque, e não parou até colocar a bola dentro das redes de Handanovic, encerrando a sequência de quatro derrotas seguidas pela Serie A que colocou pressão sobre o técnico Montella.

Com a vitória da Juventus mais cedo contra a Udinese, a Velha Senhora e a Inter estão empatadas na liderança, com 39 pontos cada.

.

.

Classificações Sofascore Resultados

.