Muita gente ficou surpresa com a convocação do zagueiro Durval para a seleção, inclusive ele mesmo. O zagueiro do Santos nem estava acompanhando a lista quando foi avisado por companheiros que estava na lista de Mano Menezes para o Superclássico das Américas contra a Argentina, em Buenos Aires.

“Estou muito emocionado. Todo jogador sonha com isso e comigo não era diferente. Sempre sonhei e graças a Deus tive essa oportunidade agora de ser convocado. Espero agora fazer o melhor, para a seleção. Tem o Arouca, tem o Neymar junto lá e acho que vai facilitar um pouco”, disse o jogador à TV Santos.

“Eu não estava acreditando. Me chamaram no rádio e me falaram e eu não estava acreditando. Estava ali conversando com o doutor e daqui a pouco veio o Pirata, o Léo, o Rafa, o Rafael, goleiro, vieram com aquela euforia toda, me dando os parabéns e fiquei meio sem base, sem saber se era verdade ou não.

Durval, aos 32 anos, chega à sua primeira convocação para a seleção brasileira. O jogador é campeão estadual nos últimos dez anos, jogando por diferentes clubes, e não era cotado para integrar a seleção brasileira – mesmo essa versão local usada nos jogos contra a Argentina.