O medo de que a volta de Luis Suárez pudesse de alguma forma ofuscar a excelente fase de Daniel Sturridge foi dissipado neste domingo. Contra o Sunderland, o atacante inglês, que marcou uma baciada de gols nas últimas partidas, voltou a balançar as redes e ainda contribuiu com duas assistências para o uruguaio na vitória do Liverpool por 3 a 1 sobre o Sunderland.

O inglês abriu o placar em uma cobrança de escanteio de Steven Gerrard. Outro destaque da partida, o capitão deu um lançamento da intermediária defensiva até a ponta direita para Sturridge, que dominou, entrou na área e cruzou para Suárez fazer o segundo. Na etapa final, momento em que o Sunderland pressionava em busca do empate, fez jogada parecida, desta vez pela esquerda, e novamente rolou para o camisa 7.

Brendan Rodgers armou o time de forma diferente para os dois ficarem próximos do gol. Victor Moses foi o armador pelo meio, à frente de Gerrard e Lucas Leiva. Em momentos do jogo, José Enrique avançou até a mesma linha de Jordan Henderson e o time atuou com três zagueiros. É uma mudança em relação ao posicionamento dos dois na temporada passada, antes de Suárez morder Branislav Ivanovic, do Chelsea, e receber dez jogos de suspensão. O uruguaio jogava como meia-atacante, atrás de Sturridge.

Sturridge fez o sétimo gol na temporada e o 13° nos últimos oito jogos oficiais. Suárez havia marcado seis vezes em oito partidas antes de ser suspenso. Agora, fez mais dois. Com essa dupla encaixada, o Liverpool, dividindo a vice-liderança com o Tottenham, pode brigar para voltar a disputar a Liga dos Campeões após quatro anos de ausência.