Um dos menores países da Europa, Luxemburgo está próximo de colocar um clube na fase de grupos da Liga Europa – e de competições europeias em geral – pela primeira vez. O Dudelange derrotou o Cluj, da Romênia, por 2 a 0, na partida de ida dos playoffs e pode até perder por um gol de diferença na volta para fazer história.

LEIA MAIS: Clubes das grandes ligas tiveram dificuldades nos jogos de ida da Liga Europa

O Dudelange é fruto de uma fusão de três clubes no começo dos anos noventa e começou a dominar o futebol de Luxemburgo na virada do milênio. Desde a temporada 1999/2000, incluindo ela, conquistou 14 vezes o título do campeonato nacional – e, em quatro dos outros cinco torneios, foi segundo colocado. Já é o segundo maior campeão do país, atrás dos 28 troféus do Jeunesse Esch.

O futebol de Luxemburgo não tem grande história em competições europeias, mas já conseguiu alguns feitos. O primeiro a vencer uma eliminatória foi o Jeunesse Esch, na Copa dos Campeões de 1963/64. E com contornos épicos: o Haka, da Finlândia, havia ganhado a primeira partida, em casa, por 4 a 1, mas os luxemburgueses responderam com 4 a 0 e avançaram. Perderiam do Partizan na rodada seguinte.

O Red Boys, seis vezes campeão luxemburguês, causou um certo embaraço para o Ajax de Van Basten, Rijkaard e Ronald Koeman, na primeira rodada da Copa da Uefa de 1984/85, ao segurar o empate por 0 a 0 no jogo de ida. No entanto, experimentando os riscos de cutucar a onça com vara curta, levou uma goleada implacável por 14 a 0 na partida de volta.

Chegando ao século 21, o Dudelange começou a construir um histórico de pioneirismo. Na Champions League de 2005/06, derrotou o Zrinjski e se tornou o primeiro time luxemburguês desde aquele Jeunesse Esch de 1963 a avançar uma fase eliminatória na principal competição europeia. Em 2012, voltou a quebrar tabus com a classificação à terceira fase preliminar da Champions, ao derrotar o Red Bull Salzburg. Em seguida, seria eliminado pelo Maribor.

Na temporada passada, o Progrès Niederkorn interrompeu precocemente o retorno do Rangers às competições europeias, após seis anos de ausência por ter falido e precisado recomeçar desde as últimas divisões da Escócia. Mesmo tendo perdido o jogo de ida, no Ibrox, por 1 a 0, os luxemburgueses, em casa, ganharam por 2 a 0 e eliminaram o gigante escocês ainda na primeira fase preliminar.

A caminhada do Dudelange na Liga Europa desta temporada já teve vitória sobre o Drita, do Kosovo, e o Légia Varsóvia, da Polônia. Contra o Cluj, que já chegou a disputar fase de grupos da Champions League, abriu o placar com David Turpel, que pegou o rebote de uma grande defesa do goleiro, e ampliou com uma cobrança de falta que bateu na trave, nas costas do goleiro, e entrou. Agora, precisa apenas se segurar na Romênia para assegurar pelo menos mais três rodadas de futebol europeu.

.


Os comentários estão desativados.