A disputa pelo título da Bundesliga segue aberta. O Borussia Dortmund é líder com uma boa vantagem, mas o tropeço neste sábado foi desanimador. Em casa, o time vencia o Hoffenheim por 3 a 0, mas tomou três gols em 12 minutos e saiu de campo só com um empate. O Bayern, por sua vez, não deu chance para o azar e venceu o Schalke 04 por 3 a 1, em casa, e reduziu a diferença para o líder, que agora é de cinco pontos.

LEIA TAMBÉM: Jadon Sancho: “Por que o Dortmund? Isso fala por si: jovens ganham oportunidades”

 

O Dortmund parecia ter um jogo tranquilo pela frente. Marcou 1 a 0 no primeiro tempo com Jadon Sancho, aos 32 minutos, e ampliou para 2 a 0 aos 43. Já no segundo tempo, Raphael Guerreiro ampliou para 3 a 0, aos 21 minutos. Parecia que a vitória era questão de campo. Ledo engano. O jogo se complicou e os pontos escaparam por entre os dedos do Dortmund.

Aos 30 minutos, Ishak Belfodil diminuiu, em um lance que houve dúvida se a bola entrou, mas foi resolvida pela tecnologia – e sim, entrou. Naquele momento, parecia mais um gol de honra. Só que aos 38 minutos, o susto ficou grande. Pavel Kederábel marcou mais um e o placar ficou em um perigoso 3 a 2. E o Hoffenheim foi para cima, aproveitou o momento e empatou, novamente com Ishak Belfodil. Os três pontos foram para o ralo.

Gnabry, do Bayern, comemora (Foto: Reuters)

Mais tarde, o Bayern entrou em campo sabendo que uma vitória significaria reduzir em dois pontos a distância para o líder. Por isso, o time foi para cima do Schalke 04 com o objetivo de resolver o jogo. E o fez com bastante tranquilidade, talvez mais até do que se esperava. Os 3 a 1 vieram sem muitos problemas.

Logo aos 11 minutos, Robert Lewandowski foi lançado e, antes de poder finalizar, Jeffrey Bruma tocou contra e marcou 1 a 0. Depois, aos 35 minutos, o Schalke arranjou o empate em um contra-ataque perfeitamente armado. Weston McKennie deu um belo passe para Ahmed Kutucu, que avançou e finalizou cruzado: 1 a 1.

O empate durou pouco tempo. Precisamente, dois minutos. Tragicamente para o Schalke, em uma saída de bola errada, o Bayern fez 2 a 1. Serdar perdeu a bola, Gnabgry recuperou, James Rodríguez tocou de primeira para Lewandowski e, frente a frente com o goleiro, o centroavante polonês finalizou bem para marcar.

O Schalke teve algumas chances para empatar no segundo tempo, duas delas que de fato levaram muito perigo. Só que foi o Bayern que marcou. Coman foi à linha de fundo, cruzou, Lewandowski dominou no peito e tentou dar uma bicicleta. O que era um chute virou um passe, porque Gnabry colocou a cabeça na bola, desviou e marcar: 3 a 1.

Com a vitória, o Bayern chega 45 pontos, depois de 21 jogos, enquanto o Borussia Dortmund tem 50. O Borussia Mönchengladbach é o terceiro com 42. Na próxima rodada, na sexta-feira, o Bayern enfrenta o Augsburg. O Dortmund entra em campo na segunda-feira, dia 18, contra o Nurnberg.