Mais do que nunca, a preocupação de ter um goleiro que sabe jogar com os pés tem sido discutida no mundo do futebol. E o Milan teve uma prova prática de que essa é uma característica que pode decidir uma partida. Na derrota por 1 a 0 diante da Sampdoria, Donnarumma cometeu uma falha logo no primeiro minuto que definiu o placar.

Depois de uma saída de bola lateral no meio de campo, o Milan foi recuando a bola até o jovem Donnarumma. O arqueiro tentou devolver o passe recebido de primeira, mas tocou nos pés de Gregorie Defrel, que rebateu imediatamente para o gol aberto. Apesar do gol precoce, o jogo foi bastante franco, com chances criadas para ambas as equipes. Já nos acréscimos, o Milan reclamou muito de uma penalidade em cima de Piatek. A arbitragem revisou o lance duvidoso e não considerou falta.

O resultado deixou ainda mais acirrada a disputa pelas vagas nas competições europeias. O Milan, com 51 pontos, estava confortável no G4 a quatro pontos da Roma, mas agora pode ver seus adversários se aproximarem. A Roma pode diminuir a diferença para um ponto e a Lazio pode empatar em pontos caso vença os jogos a menos que tem a disputar. Atalanta e Sampdoria, com 45 pontos, ainda tem boas chances de pegar uma vaga na Liga Europa, ou até mesmo, na melhor das hipóteses, entrar na disputa com o Milan e a dupla da capital pela Liga dos Campeões. O complemento da 29ª rodada da Serie A que acontece neste domingo, 31, deve deixar tudo ainda mais imprevisível.