Philippe Coutinho foi crucial na virada do Liverpool sobre o Stoke, no sábado, pela Premier League. A vitória por 2 a 1 veio com gols dele e do compatriota Roberto Firmino, ambos vindos do banco. Só que por pouco, Coutinho não ficou fora da partida. O brasileiro revelou que o clube pediu para que ele descansasse, mas ele insistiu em jogar. Acabou jogando e, além da crucial vitória para o time, tornou-se o brasileiro com mais gols na Premier League.

LEIA TAMBÉM: Everton quebrou sequência de vitórias do Leicester em um jogaço

Coutinho sequer tinha viajado para Stoke-on-trent para o confronto. Ele perdeu três quilos em três dias poor causa da doença. Ele já tinha marcado o gol pelo Liverpool no empate com o Bournemouth em 2 a 2, na quarta-feira, também pela Premier League. Coutinho se integrou ao elenco na manhã de sábado, dia do jogo.

“Eles me pediram para ficar em casa porque eu não estava me sentindo bem, mas eu queria estar lá”, contou Coutinho em entrevista à Sky Sports. “Eu queria estar envolvido com o time. O técnico decidiu me colocar no banco porque eu não estava 100%”.

Com o gol de sábado, Coutinho chegou a nove gols na Premier League nesta temporada, igualando a sua melhor marca. “Eu estou feliz por isso. Eu quero continuar marcando gols e ajudando meu time e continuar aprendendo com o meu treinador”, afirmou o brasileiro, fazendo um elogio indireto ao treinador Jürgen Klopp.

“O time jogou muito bem, criou mais chances e então nós marcamos. Eu acho que o time jogou bem, não apenas os indivíduos. Foi uma grande vitória. Há muitos pontos para lutar e todos os jogos para nós são importantes”, descreveu Coutinho. A vitória sofrida por 2 a 1 foi importante também porque foi o primeiro jogo do time sem Sadio Mané, machucado, que fica fora até o final da temporada.

Firmino também sentiu dores na virilha e também estava cansado, segundo informou Klopp. Por isso, a decisão foi deixá-lo no banco. O seu golaço acabou sendo decisivo na virada. Ele, assim como Coutinho, faz uma boa temporada e superou o momento de seca de gols.

O Liverpool é o terceiro colocado com 63 pontos, com 32 jogos disputados. O time está a cinco pontos do vice-líder Tottenham, que tem 68, e uma distância quase inalcançável para o Chelsea, que tem 75. O Manchester City tem 61 pontos, mas um jogo a menos que os Reds, 31. O Manchester United vem em seguida em quinto lugar com 57 pontos, mas com dois jogos a menos, 30. Classificar-se à Champions League de maneira direta seria muito importante para o Liverpool.