O jogo entre Armênia e Portugal pelas Eliminatórias da Eurocopa foi mais movimentado do que se poderia esperar. Cristiano Ronaldo fez o que se esperava dele e tratou de marcar três gols na vitória por 3 a 2. A disputa foi apertada no placar, mas também por saber quem fez o maior golaço da partida. O terceiro gol de Ronaldo foi uma pintura, mas o gol que abriu o placar foi de tirar o fôlego também. Méritos para Marcos Pizzelli, que acertou um chutaço de falta.

LEIA TAMBÉM: Holanda sofrerá até o fim por vaga na Eurocopa

A vitória portuguesa não foi nada fácil. O gol de falta de Pizzelli abriu o placar para Portugal aos 14 minutos de jogo e o empate só veio aos 29 minutos, com Cristiano Ronaldo cobrando pênalti. O mais inusitado do primeiro tempo, porém, foi um lance que aconteceu sem a bola estar rolando. Um invasor armeno, provavelmente provavelmente procurando falar ou abraçar Cristiano Ronaldo, deu uma canseira na segurança do estádio, driblando, desequilibrando e até dando um carrinho antes de ser apanhado. Alguns o chamara de Usain Bolt da Armênia.

Veio o segundo tempo e aí Cristiano Ronaldo tratou de decidir o jogo rapidamente. Aos 10 minutos, ele tocou por cima do goleiro para marcar o gol da virada de Portugal para 2 a 1. Depois, aos 13, acertou um chutaço de fora da área, competindo com Pizzelli pelo gol mais bonito do dia. Tudo decidido, certo? Na verdade, a Armênia ainda diminuiu com Mkoyan, aos 27 minutos de jogo. Mas a partida acabou mesmo em 3 a 2 para Portugal.

Com isso, Portugal lidera o Grupo I das Eliminatórias da Eurocopa com nove pontos, seguido por Dinamarca e Albânia com sete. Sérvia e Armênia têm um ponto cada. Os times só voltam a campo novamente em setembro.

Confira os gols: