Dirigentes sérvios presos por lavagem de dinheiro

Dragan Dzajic, Vladimir Cvetkovic e Milon Marinkovic foram presos nesta terça. O trio é acusado de irregularidades na administração do Estrela Vermelha, enriquecendo ilicitamente e favorecendo a lavagem de dinheiro.

Os dirigentes teriam se aproveitado de transações de venda de jogadores do clube de Belgrado. Eles teriam criado um caixa 2 para uso próprio e ajudado organizações criminosas a lavar dinheiro. O futebol sérvio está, nos últimos meses, sob investigação por envolvimento com a máfia.

Dzajic e Cvetkovic foram jogadores da seleção sérvia e Marinkovic era diretor do Estrela Vermelha. Dzajic também é vice-presidente da federação sérvia.