Para quem gosta de revistas de futebol, a Relvado é uma ótima opção, como já divulgamos aqui na Trivela algumas vezes. A oitava edição já está disponível para compra, por apenas R$ 10, com um conteúdo de qualidade. Confira as novidades desta nova publicação:

********

Com Palhinha de carro-chefe, chega a Relvado #8

De bimestre em bimestre, nós, da Revista Relvado, vivemos a ansiedade de lançar um produto novo no mercado. Independente, o projeto é uma declaração de amor ao futebol. Toda semana de lançamento é importante para nós e esperamos que vocês façam parte desse frenesi. Sem mais delongas, esta é a divulgação oficial da Relvado #8, do mês de maio.

Nessa edição, buscamos histórias que dialoguem com o momento atual. Apesar de tratarmos mais do passado, como marca de nosso projeto, entendemos que também é necessário falar de hoje. Grandes narrativas surgem diante de nós e é imprescindível encontrar a melhor forma de lidar com elas, sempre com cautela e respeito aos fatos, personagens e o que dizem as entrelinhas.

Além da entrevista com Palhinha, ex-atacante de Cruzeiro, Corinthians e Atlético Mineiro, contamos com outras pautas bem interessantes.

O conteúdo da Relvado #8:

– Botões: Feyenoord 2001-02: O último holandês a faturar um título europeu;
– Rabiscando: Tim Howard: As mensagens e referências marcadas na pele do goleiro americano;
– Detalhes: O pênalti hediondo que levou Martin Hinteregger do céu ao inferno nas semifinais da Liga Europa;
– O canto do cisne de Robin Van Persie: O retorno do ídolo ao local que o projetou para o futebol mundial;
– A volta do San Lorenzo ao bairro de Boedo, no terreno do Viejo Gasómetro;
– A história de Waldo, maior artilheiro do Fluminense e craque histórico no Valencia, que faleceu sem lembrar quem foi no auge;
– O exílio de Ossie Ardiles e Ricky Villa, argentinos que atuavam pelo Tottenham quando explodiu a Guerra das Malvinas;
– O inferno pessoal de Fabio Quagliarella com um stalker em Nápoles;
– A tensão do Derby da Macedônia entre PAOK e Aris em Tessalônica;
– Um recorte histórico sobre o gol de Basílio que libertou o Corinthians da fila em 1977;
– Um bate-papo memorável com Palhinha;
– Posfácio de Rodrigo Salvador a respeito de Dirceu Krüger, ídolo do Coritiba, falecido em abril.

Acesse o site da Relvado e adquira a revista, disponível para leitura online e também para o Kindle