Na acirrada disputa com a Internazionale, a Juventus tinha uma boa chance de sustentar sua vantagem na liderança da Serie A. Jogava fora de casa, no Estádio Via del Mare, mas não se negava o favoritismo da Velha Senhora contra o Lecce. No entanto, os bianconeri voltam a Turim lamentando a oportunidade desperdiçada. A equipe não passou do empate por 1 a 1 contra os giallorossi – que, em sua temporada de retorno à primeira divisão, comemoraram o apito final como se fosse uma vitória. Excelente resultado aos azarões, péssimo aos juventinos.

A Juventus optou poupar Cristiano Ronaldo no compromisso, mas não contou com a colaboração de seu ataque titular. Gonzalo Higuaín e Paulo Dybala não conseguiram romper o zero do placar durante o primeiro tempo. Embora o Lecce tenha assustado, a Velha Senhora tentou resolver a partida na meia hora inicial. Chegou a ter um gol anulado, de Higuaín, além de reclamações de pênalti negadas. No único arremate certo, porém, Gabriel parou Dybala.

O segundo tempo trouxe esperanças à Juve, com o gol aos cinco minutos. Uma falta no limite da grande área permitiu que Dybala empatasse. O problema é que, aos 11, o Lecce também ganhou um penal. Matthijs de Ligt colocou a mão na bola infantilmente e Marco Mancosu, que havia forçado Wojciech Szczesny a uma boa defesa pouco antes, converteu. Os bianconeri tentaram se impor na sequência, sem sucesso. O time perdeu boas chances de fazer o segundo. Quando Federico Bernardeschi driblou Gabriel, mandou na trave, enquanto Leonardo Bonucci arrematou para fora em ótimas condições.

Os giallorossi, além do mais, merecem os créditos pela maneira como travaram os juventinos. Mesmo quando a Juventus partia para o desespero nos minutos finais, sobretudo com jogadas pelas pontas, o Lecce manteve a firmeza. Já nos acréscimos, Gonzalo Higuaín poderia ter feito a diferença, mas Gabriel defendeu seu chute com as pernas. O goleiro brasileiro, que também realizou importantes saídas para barrar os adversários, permitiu que sua torcida celebrasse o ponto arrancado dos gigantes.

A Juventus segue na liderança, mas sob riscos de perder a primeira colocação. A Velha Senhora soma 23 pontos, dois a mais que a Internazionale. Os nerazzurri tentarão retomar a ponta ainda neste sábado, quando encaram o Parma. Já o Lecce respira. Com oito pontos, é o 16°, fora da zona de rebaixamento. É esse o valor do empate com os bianconeri.

Classificações Sofascore Resultados