Enquanto as principais ligas da Europa foram suspensas ou fecharam os portões para as partidas deste fim de semana, aproximadamente 33 mil pessoas reuniram-se em São Petersburgo para testemunhar a goleada do Zenit por 7 a 1 sobre o Ural, neste sábado, partida que marcou o primeiro gol do brasileiro Malcom pelo clube russo.

MAIS: QUAIS CAMPEONATOS FORAM SUSPENSOS? QUAIS FECHARAM OS PORTÕES?

O Campeonato Russo realiza sua 22ª rodada neste fim de semana, mas, na próxima terça-feira, a liga anunciou que realizará uma reunião sobre o “procedimento para a realização de jogos das próximas rodadas, levando em consideração a situação epidemiológica”. A prioridade, segundo a nota oficial da entidade, “são a segurança e a saúde das pessoas”.

Segundo levantamento da universidade americana John Hopkins, a Rússia tem 59 casos relatados de COVID-19 até o momento, sem mortes. A torcida do Zenit morbidamente integrou a pandemia de coronavírus aos seus gritos de apoio.

Com bola rolando, Malcom começou seu sexto jogo pelo Zenit, o quarto desde que sofreu uma séria lesão que o afastou dos gramados em agosto. Sardar Azmoun brilhou com três gols, um deles com assistência de Malcom, que limpou dois marcadores dentro da área antes de rolar para o companheiro completar sua tripleta. O gol anotado pelo brasileiro foi o quarto. Recebeu o passe do compatriota Douglas Santos dentro da área, abriu o espaço e bateu cruzado.

Artem Dzyuba, duas vezes, e Sebastián Driussi fizeram os outros gols do Zenit, que lidera o Campeonato Russo com nove pontos de folga para o Krasnodar, que tem um jogo a menos.

.

.

.

Classificações Sofascore Resultados

.