Di Matteo: “O árbitro influenciou no resultado”

Técnico dos Blues critica atuação de Mark Clattenburg e reclama que o lance que gerou a expulsão de Torres por simulação foi falta

O técnico do Chelsea, Roberto Di Matteom, questionou a atuação do árbitro Mark Clattenburg na derrota do seu time para o Manchester United por 3 a 2. O árbitro expulsou Fernando Torres alegando simulação do espanhol e validou um gol em impedimento de Chicharito, que decidiu o jogo.

“As decisões chave do árbitro hoje influenciaram o resultado. Ele expulsou Fernando Torres e o terceiro gol foi em impedimento, isso claramente decidiu o jogo para os adversários hoje”, afirmou Di Matteo.

“Torres colocou a bola entre as pernas [de Evans], foi chutado na canela e caiu. Foi simples assim. Era uma falta para nós. Talvez fosse até uma expulsão do Evans, porque [Torres] ia na direção do gol”, reclamou Di Matteo.

“Eu fiquei chocado. Eu achei que seria uma falta para nós, não contra nós”, continuou. Di Matteo ainda comentou sobre o gol em impedimento de Chicharito, que definiu o jogo. “Eu vi de novo e o replay mostra que quando Rafael chuta, ele está impedido”, disse.

“Tudo foi a favor do United e nesse sentido, nos deixa realmente infelizes”, afirmou o treinador. “Ele [Clattenburg] irá assistir novamente e provavelmente vai perceber que cometeu erros. Nós não podemos mudar o resultado agora e esse é uma clara decepção que nós temos”, disse Di Matteo.

“Eu acho que nós tivemos um início lento e tivemos um pouco de azar no primeiro gol, bateu na trave e nas costas de David Luiz. O segundo gol eu acho que defendemos mal. Mas então tivemos uma grande recuperação e então eu acho que o momento virou a nosso favor”, analisou o italiano.

“O mais provável a vencer o jogo provavelmente seria o nosso. Eu acho que quando ficamos com 10 jogadores, nós ainda seríamos capazes de vencer, mas a segunda expulsão tornou o jogo realmente difícil para nós”, disse Di Matteo.