A Confederação Africana de Futebol (CAN) informou nesta terça-feira (30) que a edição de 2021 da Copa Africana de Nações, em Camarões, está oficialmente adiada para o ano seguinte, 2022. Assim como no planejamento original, o torneio deverá acontecer no mês de janeiro.

A 33ª edição do torneio, que acontece a cada dois anos, estava marcada inicialmente para começar em 9 de janeiro de 2021, mas agora foi empurrada para janeiro de 2022, sem data exata por ora. O motivo para o adiamento, é claro, é a pandemia do novo Coronavírus.

Em seu comunicado, a Confederação Africana de Futebol afirmou que as datas para o torneio e para as partidas restantes das eliminatórias de classificação serão reveladas no futuro, ainda sem previsão de quando isso deverá acontecer.

Com a decisão, esta será a primeira vez desde 2010 que o torneio será disputado no mesmo ano em que uma Copa do Mundo. Como a Copa de 2022 deverá acontecer apenas no fim do ano, não haverá conflito de datas e preparação.

Originalmente marcada para acontecer em 2023, na Costa do Marfim, a edição seguinte da Copa Africana de Nações não teve novidades anunciadas. Resta, então, saber se teremos edições em anos consecutivos em 2022 e 2023 ou se o torneio começará a acontecer em anos pares.

Uma consequência direta óbvia da decisão anunciada nesta terça-feira é que os clubes europeus que contam com jogadores africanos não verão suas equipes desfalcadas em um momento importante da temporada 2020/21, como normalmente é o caso em ano de Copa Africana de Nações. Clubes ingleses, em particular, costumam sofrer bastante com isso, já que os meses de virada de ano são repletos de jogos na Premier League.

Ao menos por uma campanha, times como Liverpool e Manchester City, que contam com as estrelas Salah, Mané e Mahrez, por exemplo, terão um planejamento que permite ter à disposição todo o seu grupo.

Existe uma discussão há algum tempo sobre levar a Copa Africana de Nações para o verão do hemisfério norte, ou seja, por volta do mês de junho, de forma que não tire jogadores da disputa de ligas europeias. Foi isso que aconteceu na última edição, em 2019. A edição de 2021 inicialmente aconteceria em junho, mas acabou voltando para o tradicional mês de janeiro devido às altas temperaturas em Camarões neste período.