O norueguês Martin Odegaard chamou a atenção com uma declaração super sincera quando falou sobre especulações envolvendo seu nome. Aos 20 anos, o jogador tem jogador muito bem no Vitesse e, por isso, é cotado para ir para o Ajax na próxima temporada, em uma transferência de € 20 milhões. Em um ataque de sinceridade, o jogador disse que o mercado está muito inflacionado e admitiu que ele não vale tudo isso.

LEIA TAMBÉM: Tadic exibiu no Bernabéu um futebol magnífico, que vale por toda uma carreira

Odegaard foi um talento precoce, que brilhou intensamente ainda com 16 anos, pelo Stromsgodset. Estreante ainda adolescente na seleção norueguesa, foi contratado pelo Real Madrid em janeiro de 2015 por € 2,8 milhões, mas foi colocado no time Castilla. No time principal, pouco jogou, não brilhou e foi emprestado para o Heerenveen , de janeiro de 2017 a junho de 2018. Foi emprestado mais uma vez para o Vitesse em agosto de 2018 e vem sendo destaque do time no Campeonato Holandês.

As especulações sobre a sua transferência no fim da temporada não mexem com a sua cabeça, ao menos segundo ele mesmo diz. “Eu tento não prestar atenção. Eu tenho que jogar bem e marcar gols. Se eu fizer isso, os clubes irão olhar para mim e uma decisão será tomada no verão [fim da temporada] sobre onde irei jogar. O Ajax é um bom clube”, afirmou Odegaard ao De Telegraaf.

Com vínculo com o Real Madrid até 2021, Odegaard é especulado para mudar de clube na Holanda ao final da temporada. O Ajax estaria disposto a pagar € 20 milhões pelo norueguês, um valor que ele próprio considera muito alto. “Eu acho que é muito dinheiro. Eu não acho que eu valha todo esse dinheiro. Mas meu empresário conversa com as pessoas em Madri e depois vejo o que acontece”, afirmou o meio-campista norueguês.

Nesta temporada, Odegaard fez 26 jogos, marcou sete gols e fez seis assistências pelo Vitesse. O jogador tem sido, disparado, o melhor jogador do seu time na Eredivisie, atuando como ponta pela direita na maioria das vezes (13 dos 20 jogos da Eredivisie). Eventualmente, fecha mais atrás, como um meio-campista pelo lado direito (4 de 20). Em três jogos, atuou no centro do meio-campo. Em quatro jogos, veio do banco, não começando a partida.

Na partida mais recente da Eredivisie, contra o Feyenoord, um dos times mais fortes do país, o jogo acabou em empate por 1 a 1. Ele foi considerado um dos destaques do jogo. “Nós certamente não merecíamos perder. E para mim, hoje foi uma das melhores coisas que eu pude jogar contra Robin van Persie. Uma verdadeira honra, porque ele tem sido um grande jogador na Europa por muitos anos”, afirmou Odegaard, ressaltando o craque holandês.