Embora as esperanças resistissem, já havia se tornado difícil imaginar que Emiliano Sala sobrevivera após o seu desaparecimento, em 22 de janeiro. Neste final de semana, as equipes de buscas encontraram no Canal da Mancha os destroços do avião que o levava a Cardiff. E depois do resgate de um corpo na quarta-feira, as autoridades oficializaram a notícia nesta quinta: Emiliano Sala realmente faleceu no acidente aéreo. A Polícia de Dorset confirmou que o corpo encontrado foi identificado como o do jogador. A família do centroavante, assim como do piloto David Ibbotson, foram informadas sobre o ocorrido. Apesar de toda a tristeza inerente à morte do atleta, ao menos há uma resposta que encerra a agoniada incerteza que se alongou nas últimas semanas aos entes e amigos do argentino.

“As famílias foram atualizadas e continuarão sendo assistidas por profissionais especialmente treinados. Nossos pensamentos permanecem com eles neste momento difícil. As circunstâncias da morte continuarão sendo investigadas, apoiadas pela polícia de Dorset”, apontou o comunicado oficial, publicado nesta quinta-feira.

 

O trabalho recente vinha sendo conduzido pela AAIB, a subdivisão de investigação de acidentes aéreos do Reino Unido. Foram eles que encontraram o corpo e o resgataram, chegando à confirmação do óbito. Além disso, a companhia informou que encerrou as buscas na região. “As previsões meteorológicas para o futuro próximo são ruins, o que levou a se tomar a difícil decisão de encerrar a operação”, anunciaram. Desta maneira, o piloto David Ibbotson segue desaparecido, ainda sem vestígios sobre o seu corpo.

O resgate se encerrou dias depois do acidente, em decisão tomada pelas autoridades das Ilhas do Canal. Todavia, os apelos da família do jogador e de outras personalidades do futebol levaram à retomada das buscas. Ainda assim, a AAIB deverá seguir com os estudos para chegar a uma conclusão sobre a causa do acidente e, desta maneira, também dar elementos à disputa recente entre os clubes em relação ao pagamento da transferência de Emiliano Sala. Enquanto o Nantes cobra a primeira parcela, o Cardiff City deseja que “todos os fatos sejam esclarecidos” antes de honrar seu compromisso.

Após a notícia, o Cardiff City publicou uma nota oficial reproduzindo o comunicado das autoridades e manifestando o seu pesar. “Oferecemos nossas mais sinceras condolências à família de Emiliano. Ele e David permanecerão para sempre em nossos pensamentos”, apontaram os Blue Birds. No final de semana, os galeses já haviam prestado um enorme tributo ao centroavante, embora ainda deixassem claro que não estavam guardando luto, sob as esperanças de um milagre. A mesma postura havia tomado o Nantes nas últimas semanas.


Os comentários estão desativados.